Azul (AZUL4) faz acordo trabalhista para redução de jornadas

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Azul/Divulgação

A Azul (AZUL4) anunciou nesta quinta-feira (25) que os sindicatos de pilotos e comissários aprovaram em grande maioria um acordo coletivo de redução de jornada de trabalho em demonstração de apoio à companhia diante da crise causada pela pandemia de Covid-19.

O acordo vai durar 18 meses, e permite à Azul ter total flexibilidade em termos de custos de pessoal à medida em que retoma sua malha de acordo com a recuperação da demanda.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

“Gostaria de expressar minha profunda gratidão aos nossos tripulantes, por mais uma vez se unirem para apoiar a Azul. Conforme temos explicado de maneira transparente, o nosso plano de retomada inclui uma contribuição significativa de todos os nossos stakeholders. E hoje nossos tripulantes deram um grande passo nessa direção. Esse contrato nos permite manter empregos e, ao mesmo tempo, reduzir custos e preservar caixa. Construímos uma grande empresa e estou confiante de que sairemos desta crise mais fortes do que estávamos antes”, afirmou John Rodgerson, CEO da Azul.

A Azul tem mais de 13 mil funcionários e uma frota de 140 aeronaves.

 

Ecorodovias (ECOR3) tem leve recuperação de tráfego

A Ecorodovias (ECOR3) informou nesta quinta-feira (25) que em função da pandemia do novo coronavírus o volume de veículos nas estradas caiu 24,3% entre 16 de março e 23 de junho em comparação com o mesmo período no ano passado. No último balanço, o recuo havia sido de 25%. Os números são prévios e estão sujeitos a revisão.

As maiores quedas foram registradas na Ecoponte (-40,9%), em Niterói (RJ), e na Ecopistas (-41,3%), Itaquaquecetuba (SP). Mas a Ecovia dos Imigrantes, em São Bernardo do Campo (SP), também teve queda significativa de -23%.

A única concessionária que teve aumento de tráfego foi a Ecovia Caminho do Mar, em São José dos Pinhais (PR). Ou seja, houve um aumento de 13,1% de tráfego com relação ao mesmo período de 2019.

No acumulado prévio do ano, a queda da Ecorodovias é de 13,2% no comparativo com o mesmo período de 2019.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.