Avião da Boeing cai próximo à capital do Irã e deixa 176 mortos

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)

Em mais um capítulo de desastres com suas aeronaves, um Boeing 737-800 da empresa Ukraine International Airlines caiu nesta quarta (8) no Irã logo após a decolagem. O avião levava 176 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulantes.

A agência iraniana de notícias Isna informou que todos as pessoas que estavam a bordo morreram.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O Boeing deixou o aeroporto Imam Khomeini, em Teerã, e seguia em direção a Kiev, na Ucrânia, relataram agências de notícias internacionais. O avião teria caído em Parand, subúrbio a sudoeste de Teerã, minutos após a decolagem.

Bola de fogo

De acordo com informações da CNN, a queda do avião ocorreu por problemas técnicos.

Informações da Al Jazeera dã conta de que o voo 752 da companhia aérea da Ucrânia decolou às 6h12 da manhã, horário de Teerã (quase à meia-noite, em Brasília), em direção ao aeroporto Internacional Boryspil, cidade próxima à capital Kiev. O voo saiu atrasado: estava marcado para decolar às 5h30.

Ainda não se sabe se o acidente tem alguma relação com a ofensiva militar do Irã contra bases que abrigam tropas americanas no Iraque na noite desta terça. Foram lançados dezenas de mísseis do país persa em direção ao Iraque.

Um vídeo, postado no Twitter pela agência Isna, revela um ponto de luz no escuro e, em seguida, mostra uma enorme bola de fogo.

Boeing se manifesta

O porta-voz da Organização de Aviação Civil do Irã, Reza Jafarzadeh, disse que as autoridades estão no local da queda investigando o acidente.

A Boeing divulgou nota afirmando que estava “ciente dos relatos da mídia” a respeito do incidente. O texto diz que a companhia está “apurando mais informações”.

Posts do Twitter mostram imagens do local do acidente:

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo