Ata do Fed movimenta o mercado financeiro nesta quarta-feira (21)

Documento com a redução das taxas de juros será divulgado às 15h de Brasília

Matheus Leal
Eu Quero InvestirColaborador do

Crédito: Reprodução

O mercado financeiro e os investidores de todo mundo só têm olhos para uma coisa nesta quarta-feira (21): a ata da última reunião do Fed, Federal Reserve Bank, realizada nos dias 30 e 31 de julho. Na ocasião, o Banco Central americano reduziu as taxas de juros do país de 2,5% para 2,25%. Essa foi a primeira redução desde a recessão de 2008. O documento será divulgado às 15h, horário de Brasília.

O objetivo da ata é fomentar a economia nacional. A decisão é uma clara reação à guerra comercial entre Estados Unidos e China, mas também foi impulsionada pelo baixo número de desemprego e pelo controle da inflação no país. Outro ponto importante é o Brexit, saída do Reino Unido da União Europeia.

O mercado aguardava ansiosamente a movimentação, porém foi surpreendido pelo presidente do Fed, Jerome Powell, que afirmou que o corte nas taxas não passa de um ajuste e o ciclo de redução não é uma perspectiva para agora. Entretanto, na segunda-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou Powell publicamente em seu Twitter e pressionou o Banco Central pela a redução das taxas de juros.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

“Nossa economia é muito forte, apesar da horrenda falta de visão de Jay Powell e do Fed, mas os democratas estão tentando “querer” que a economia seja ruim para as finalidades da eleição de 2020. Muito egoísta! Nosso dólar é tão forte que, infelizmente, está doendo em outras partes do mundo. A taxa do Fed, durante um curto período de tempo, deve ser reduzida em pelo menos 100 pontos-base, talvez com algum alívio quantitativo também. Se isso acontecesse, nossa economia seria ainda melhor, e a economia mundial expandiria rapidamente – bom para todos”, disse o mandatário americano.

Já nessa terça, Trump concedeu entrevista e reconheceu que a guerra comercial deve trazer problemas no curto prazo, porém, segundo ele, “algo precisava ser feito porque a China vem roubando os Estados Unidos por 25 anos”. A afirmação tende a elevar ainda mais a tensão entre os países. A próxima reunião do Fed está marcada para o dia 18 de setembro e os investidores acreditam em uma nova redução de 0,25% da taxa de juros.

Esta é a função de um Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior do que o gerente do seu banco ou corretoras digitais e monitorar o mercado em busca de oportunidades que se enquadram em sua realidade, são atribuições do Assessor de Investimentos.

O papel dele é unir seus objetivos pessoas e profissionais, momento financeiro, perfil de investidor e avaliar o mercado para te apoiar com os investimentos que estiverem alinhados com seu momento.

Disponibilizo abaixo, a oportunidade de você realizar um diagnóstico e tirar todas as suas dúvidas sobre investimentos, conversando com um especialista no assunto.