EconomiaPolítica

As últimas horas de Temer?

Delação dos proprietários da JBS sacode o cenário Político Brasileiro

Avalie este artigo!

O brasileiro iniciou a noite de ontem (17/05) assistindo ao que muitos estão considerando de início da derrocada do governo de Michel Temer , após denúncia do jornal O Globo.
o globo


Segundo o jornal,  foi encaminhada ao ministro do Superior Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, o registro de delação premiada por parte dos irmãos e proprietários da JBS (Maior frigorífico do Mundo), Joesley e Wesley Batista.

No conteúdo, Temer teria concordado com a compra do silêncio de Eduardo Cunha (ex-Presidente da Câmara), no intuito de evitar uma delação do mesmo. A compra se daria em forma de “mesada” paga pela JBS, por intermédio de Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), no valor de R$500 mil ao longo de 20 anos (Totalizando R$480 Milhões)

tem que manter isso


É inegável reconhecer a impopularidade do governo , desde o primeiro minuto de sua posse. No entanto, imaginava-se (dada a habilidade política em negociar reformas importantes e a melhora, ainda que discreta da economia) que terminasse seu mandato sem maiores sobressaltos.

Sem saída

A notícia cai como uma bomba, de efeito político e econômico. Politicamente, não sobram muitas alternativas que não sejam: A renúncia, o Impeachment (o primeiro de muitos pedidos, já foi inclusive protocolado pela oposição) ou a cassação da chapa / pelo TSE ( talvez a mais provável das hipóteses ).

Mas há de se considerar também, a habilidade e principalmente a influência de Michel Temer no meio político

Economicamente, prevejo um refreamento na discreta melhora em alguns pontos em que começávamos a avançar (Diminuição do Risco Brasil, Queda na Taxa de Juros, Aumento da confiança do setor industrial. Confiança do consumidor, entre outros…).

 

di futuro - As últimas horas de Temer?

Note que a taxa de juros futuros, voltou aos patamares do final de 2016. Perceba a tendência de queda até a data de ontem.

Acredito que a médio/longo prazo, a tendência de queda nos juros não mude, e o Banco Central já sinalizou isto (cogitando inclusive, o uso de suas reservas, se necessário for). Porém, a reação do dólar e do Risco Brasil pode diminuir a velocidade desta queda.

Sendo um pouco mais ousado, arrisco a dizer que os investidores mais sofisticados podem ter oportunidades muito interessantes para comprar títulos, “no olho do furacão.”

Se você tem nos acompanhado, e seguiu nossa orientação, de vender suas NTN-B curtas, estude se não é uma boa hora de comprar aproveitando os preços quando o mercado reabrir. Até ontem o Tesouro IPCA+ pagava 5% de rentabilidade.

img - As últimas horas de Temer?

Ainda que o Mercado de títulos não tenha operado hoje, estou apostando que os títulos abram negociando IPCA+ 6,0% quando da sua abertura.

A Bovespa abriu o dia com vertiginosa queda de 10% em circuit-break, enquanto o dólar disparou quase 7% e os juros futuros voltaram para cotações de janeiro, e a curva longa abre em 11,3%:

O que tiramos de positivo?

O fortalecimento da Lava Jato (alguém ainda ousa adjetivá-la de seletiva?) e do Poder Judiciário como um todo.

A procuradoria geral da república mostrou-se impecável na condução das investigações, não tendo deixado “ponta soltas” para trás. Está tudo lá, em áudio e vídeo, cabendo a Fachin, apenas o tiro de misericórdia.

Os próximos dias serão intensos e a celeridade se impõe. Não podemos nos dar ao luxo de mais um longo e tortuoso processo de impeachment. Temer faria um favor a todos ao renunciar.

Novos tempos?

O Brasil precisa ser passado a limpo. Gostaria de ver todos em Brasília sim, mas no presidio da Papuda.
presos


A receita de bolo teria:

Um novo presidente, legitimado, com um plano econômico sólido e responsável com os gastos públicos, com habilidade política para dar seguimento às reformas, e com apoio popular.

Um ministro da fazenda ( como o atual), que se preocupe de fato com a economia, e não em ser um office-boy encarregado de administrar propina. (Não precisamos mais de Paloccis e Mantegas)

Um empresariado focado na geração de emprego, não em fomentar compra de apoio e perpetuação de poder para partido X ou Y.

Estamos diante de um momento ímpar: A propinocracia está ruindo!

 

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Filipe Teixeira

Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.

É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.

Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com
Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585
Instagram: filipe_st

Artigos Relacionados

Close