Jeff Bezos: as regras de sucesso do fundador da Amazon (AMZO34)

Victor Meira
Com formação em Ciências Sociais e Jornalismo, experiência em redação nas editorias de esportes, empregos, concursos, economia e política.

Crédito: Divulgação Amazon

Fundador de uma das maiores empresas dos EUA, a Amazon (AMZO34); proprietário da empresa aeroespacial Blue Origin; e ainda dono do The Washington Post. Este é Jeff Bezos, considerado o homem mais rico do mundo.

Para atingir tal patamar, o empresário destaca que a prosperidade financeira é o fruto da felicidade profissional e pessoal das pessoas. Para entender melhor o que se passa na mente dele, vamos analisar as regras de sucesso de Jeff Bezos.

Formado em engenharia elétrica e informática, Bezos é um dos maiores exemplos de empreendedorismo, em que alia ousadia com coragem para formar um dos maiores conglomerados empresariais do mundo. 

Ele saiu de um ótimo emprego em Wall Street para se dedicar em uma livraria online na garagem da sua casa, que mais tarde ficaria conhecida como Amazon. 

Agora confira as seis regras de sucesso de Jeff Bezos:

Jeff Bezos: cerque-se das melhores pessoas possíveis

A primeira dica é bem sociológica e segue aquele ditado popular: “”Diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és”. Por isso, o processo seletivo na Amazon tem a tradição de ser bastante rigoroso. 

Bezos ressalta que uma seleção qualificada e rigorosa é fundamental para o sucesso da empresa. Há uma frase atribuída a ele de que “prefiro entrevistar 50 pessoas e não contratar ninguém do que contratar a pessoa errada”. 

Durante o processo de seleção na Amazon, o departamento de recursos humanos seriam orientados para meditar em três perguntas antes de contratar um funcionário:

  1. Você vai admirar essa pessoa?
  2. Essa pessoa aumentará o nível médio de eficiência do grupo que fará parte?
  3. Em que dimensão essa pessoa pode ser um grande talento?

Sociologicamente, um grupo social tende a moldar a personalidade e o comportamento dos indivíduos. Portanto, cerque-se com as melhores pessoas deve te beneficiar com as trocas de experiências e conhecimentos. 

Assim, ter uma boa rede de contatos é um importante mecanismo para o seu desenvolvimento pessoal. Por isso, é importante conviver com as pessoas corretas. 

Aprenda com os erros 

A vida não é feita apenas de acertos. Até figuras imponentes, como Jeff Bezos, já fracassaram algumas vezes em sua carreira. Contudo, ele relata que o erro é um processo natural para inovação.

O lançamento do Amazon Fire Phone, smartphone da companhia em 2014 por exemplo, é considerado um exemplo de fracasso. Inclusive, fez a empresa desistir de ingressar no mercado de celulares. 

Bezos destaca que os fracassos podem tirar o melhor de você. Pois com eles, é possível identificar os pontos fracos e desenvolvê-los para melhorar a produção e atingir resultados melhores. 

De acordo com o ex-CEO da Amazon, se você errar, ganhará um conhecimento valioso que o ajudará a chegar mais perto do seu objetivo.

Diante disso, não valorize o fracasso, apenas o utilize como uma ferramenta para impulsionar o sucesso. 

Em relação a conquistas das metas, comemore-as. Pois elas são a força motriz para a prosperidade do seu negócio ou carreira.

Coisas grandes começam pequenas

Bezos argumenta que “as coisas grandes começam pequenas. Até o maior carvalho iniciou como uma semente”. A própria Amazon é um exemplo disso.

Para fundar a companhia, o empresário teve que sair de um emprego sólido em Wall Street, com ótimos salários, para abrir uma livraria online, em que os produtos ficavam armazenados em sua garagem. 

Se ele não seguisse a sua intuição e instinto, não existiria a Amazon e nem a Blue Origin. Ele teve que sair da sua zona de conforto para conquistar algo maior.  

Podemos usar essa história para aplicar no mundo dos investimentos. Você não precisa de uma quantidade enorme de dinheiro para iniciar com os aportes. Comece pequeno para conhecer o mercado e estude as melhores opções com o passar do tempo.

Afinal de contas, de grão em grão, a galinha enche o papo. 

Pense grande

Pensar grande é um pré-requisito para conquistar maiores objetivos. A Amazon sempre teve planos de expandir a sua operação e não ser apenas uma rede varejista de livros. 

Bezos comentou que o mercado de livros era o mais acessível para entrar no mercado na época. 

Trace objetivos ambiciosos, mas realistas. Use os seus sonhos para ser o combustível para atingir o objetivo.  

Você nunca vai agradar todo mundo

Mais um ditado popular sendo citado: “Nem Jesus Cristo agradou a todos”. Não tente agradar todo mundo, tenha personalidade e seja você mesmo. Pois sempre terá alguma pessoa que não concorde com o seu ponto de vista. 

Bezos comenta que é importante você separar as críticas boas daquelas que só querem te derrubar. Portanto, avalie as opiniões alheias com cuidado e não deixe que elas te afetem negativamente. 

Pense bem, “o prego que se destaca é sempre martelado”. Se você está crescendo profissionalmente, pode ter algumas pessoas que querem te derrubar provocando intriga ou fazendo comentários maldosos.

Deste modo, ignore as críticas destrutivas, que não servem para nada. Pelo contrário, só tiram a sua motivação. Aproveite as pessoas que te fazem bem.

Nada vale mais que a sua felicidade

Em entrevista ao site Business Insider, Jeff Bezos proferiu a seguinte frase: “Se estou feliz em casa, entro no escritório com uma energia enorme. E se estou feliz no trabalho, chegou em casa com uma motivação incrível”. O fundador da Blue Origin explica que não tem como separar a vida pessoal com a profissional porque uma depende da outra para atingir o sucesso.

“Não existe um equilíbrio entre a vida profissional e pessoal. Na verdade, eles fazem parte de um círculo virtuoso”, destaca. 

A felicidade é essencial para promover o bem-estar nos seus relacionamentos, seja eles no trabalho ou em casa. Consequentemente, ser feliz é necessário para alcançar a prosperidade financeira.

Estas são as seis regras de sucesso de Jeff Bezos. Se inspire nelas e as aplique em seu cotidiano para buscar a prosperidade financeira.