As armas do governo brasileiro para conter a moeda americana

Com o dólar na casa dos R$4,00, o governo brasileiro anunciou medidas para proteger o mercado brasileiro. O presidente do Banco Central (BC), Ilan Goldfajn, afirmou que a alta da taxa Selic não será usada para controlar o câmbio. As armas serão o câmbio flutuante e as reservas cambiais.

Patrícia Auth
Patrícia Auth é jornalista formada pela Univali de Itajaí/SC. Trabalhou em impressos, como o Jornal de Santa Catarina, e também, como repórter na Rede Record e RBS TV. É casada, mãe da Lívia e adoradora de boa música e gastronomia.Na equipe EuQueroInvestir, é responsável pela produção de vídeos, e também escreve e edita artigos para o site.Entre em contato com a Patrícia pelo e-mail: patricia.auth@euqueroinvestir.com

Goldfajn disse que o Banco Central, junto com o Tesouro, está trabalhando com serenidade para garantir a estabilidade financeira no país.

A atenção da autoridade monetária, neste momento, é para liquidez. Pensando nisso, vai continuar oferecendo contratos de swap. Até o fim da próxima semana, serão oferecidos US$ 20 bilhões em swaps pelo Banco Central.

“No passado, diminuímos o estoque de swaps quando estávamos no interregno benigno. Faremos isso novamente e podemos ir além dos máximos históricos do passado”, explicou Goldfajn.

E os meus investimentos diante da alta do dólar?

Os nossos assessores de investimento podem te ajudar respondendo as suas dívidas e guiando as  suas economias para as melhores aplicações. Preenchendo o formulário no final da notícia, um de nossos especialistas entrará em contato com você.

E se ainda não fez o teste de perfil, esse é o momento!

[banner id=”teste-perfil”]

“Não há risco de crise cambial no Brasil”, afirma Temer

Em entrevista ao programa Nos Corredores do Poder, da TV Brasil, o presidente Michel Temer tentou acalmar o mercado com a garantia de que não haverá crise cambial no Brasil.

Temer disse que o país tem uma reserva de R$ 380 bilhões e uma dívida inferior a esse valor. Além disso, tem conseguido manter controlado o ajuste fiscal e continua recebendo investimentos de empresas internacionais.

O presidente conclui citando que países como México, Argentina e Colômbia também estão sofrendo com os reflexos da valorização da moeda americana.

Quando e onde investir

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada que um teste feito em qualquer ferramenta na internet, exige uma análise mais criteriosa e dedicada para cada pessoa.

os perfis de investidores

Para ter uma visão precisa do perfil é preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Esta é a função do Assessor de Investimentos

Entender o investidor em uma profundidade maior que um teste de perfil na internet. É a nossa função como uma empresa especializada em educação financeira.

O primeiro passo é fazer uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um Assessor de Investimentos. É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil e avaliar o alinhamento com seus atuais investimentos.