Argentina estrutura novo leilão de swap de dívida visando prorrogar vencimentos

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O ministério da economia da Argentina anunciou, nesta sexta-feira (31), que programa novo leilão de swap de dívida na próxima segunda-feira (3) para trocar um título com vencimento nesse mês por outros com pagamentos previstos no próximo ano, visando aliviar a pesada carga de dívida.

O governo argentino informou que os proprietários de título de moeda dupla 2020 foram convocados a realizar uma oferta de permuta por 4 novos títulos, todos com prazo final em 5 de agosto de 2021 e que incluem três títulos do Tesouro denominados em pesos e um quarto em dólares norte-americanos. As informações são da Agência de Notícias Reuters.

Para o ministério o swap da dívida melhoraria “o perfil de vencimento dos instrumentos em pesos”.

Segundo dados da Refinitv Eiknon, o bônus de 2020 vence em 13 de fevereiro e existem US$ 1,6 bilhão de pagamentos pendentes.

Diante de uma perspectiva econômica fraca, grande desvalorização da moeda e inflação alta. A Argentina vem buscando soluções para tornar o pagamento da dívida sustentáveis.

No último dia 20, o governo argentino efetuou swap de dívida prorrogando os vencimentos.

O governo de Alberto Fernández lida com dificuldades para reestruturar o perfil da dívida do país com credores internacionais, como o Fundo Monetário Internacional (FMI). Até a presente data, negociar com detentores locais se mostrou mais fácil.