Arezzo (ARZZ3) compra brechó online Troc

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Arezzo (ARZZ3): ‘integração de canais é muito importante’, diz CEO

Após adquirir a Reserva em outubro, a Arezzo (ARZZ3) anunciou nesta sexta-feira uma nova aquisição: o brechó online Troc. Por volta das 14h15 desta sexta, as ações da Arezzo subiam 2,46% (R$ 70,91).

Em comunicado ao mercado, a empresa afirmou que vai deter aproximadamente 75% da Troc. A operação será feita mediante um aumento do capital social da Troc.

A Troc é uma startup de tecnologia voltada para a economia circular. Ela tem como diferenciais a disponibilização de serviços de curadoria, cadastro, precificação e venda de peças usadas em sua plataforma.

Tio Huli, EconoMirna, Natalia Dalat e outros tubarões dos Investimentos.

Não perca!

No âmbito das atividades da Troc, o vendedor (pessoa física) envia as peças pelos Correios ou agenda a coleta em domicílio e, após a venda das peças de roupa, a Troc fica com um percentual deste valor (take rate).

Com a operação, o grupo Arezzo&Co estreia no mercado de secondhand, endereçando   frentes importantes do seu planejamento estratégico, incluindo as de sustentabilidade, tecnologia, dados/analytics, além  de  oferecer um serviço exclusivo e diferenciado para seus clientes.

Arezzo lança marketplace

Na quinta-feira (19), a Arezzo lançou oficialmente a plataforma ZZ Mall. O marketplace opera mais de 30 outras marcas de moda e acessórios, além  das marcas do grupo Arezzo&Co.

Após a consumação da operação, a Troc também será conectada ao ZZ Mall, e os consumidores poderão realizar a venda de peças usadas, monetizar parte de seus guarda roupas e utilizar os créditos obtidos com essa venda para a compra de produtos novos na plataforma.

Segundo a Arezzo, por meio da Troc, busca-se viabilizar um destino sustentável para as peças de roupas, calçados e acessórios, que seus clientes não usam mais. Ao mesmo tempo, o objetivo é dar acesso a marcas premium para novos clientes.

Além da operação, a Arezzo oficializa a criação do ZZ Ventures, braço de corporate venture capital do grupo Arezzo&Co. Ele será responsável pela busca e captação de novas startups em diversos segmentos, com objetivo de ampliar a atuação da empresa nas frentes de tecnologia e inovação.

No desenvolvimento da ZZ Ventures, o grupo  Arezzo&Co contará  com o apoio da Endeavor. A rede global é formada por empreendedores e empreendedoras, no mapeamento de startups, scale-ups e outras empresas inovadoras com potencial de crescimento acelerado.

Por fim, a atual sócia da Troc, Luanna, permanecerá na operação. Ela fica no cargo no mínimo, até dezembro de 2023, com métricas de performance pré-estabelecidas, nos termos do contrato.

Leia mais:

Arezzo (ARZZ3) adquire Reserva por R$ 715 milhões.

Arezzo (ARZZ3) tem lucro 21,3% menor no 3TRI20.