Apesar de aprovação alta, confiança da Rússia em Putin é a menor em 6 anos

Daniele Andrade
Jornalista formada pela Universidade Positivo, pós-graduada em Mídias Digitais. Atualmente cursa bacharel em História. Gosta de produzir reportagens sobre política tanto nacional quanto internacional, economia e tecnologia.
1

Crédito: Reprodução / Creative Commons

Segundo uma pesquisa realizada pelo instituto Levada, na quarta-feira (12), a confiança dos russos no presidente Vladimir Putin atingiu a menor taxa em seis anos. Apesar do índice de aprovação de seu governo ainda continuar alto. De acordo com informações de uma reportagem da Reuters.

Em 2018, o índice de aprovação havia caído, devido a decisão de Putin de elevar a idade da aposentadoria. Mas conforme os meses foram se passando, a aprovação subiu novamente para 68%. 

De acordo com Denis Volkov, sociólogo do instituto Levada, em janeiro o índice foi o mais baixo. Desde antes da anexação russa da Crimeia, que acabou levando uma grande aprovação do presidente. 

Vladimir Putin domina a política na Rússia, desde que chegou ao poder como primeiro-ministro em 1999. Seu atual mandato como presidente terminará em 2024. Mas, em janeiro ele anunciou mudanças que podem ajudá-lo a manter-se no poder, mesmo após sair do cargo.

Segundo a opinião de Volkov, os resultados recentes da pesquisa mostram que há um certo sentimento de fadiga em relação a figura política de Putin, mesmo com a aprovação: “É uma situação, quando eles o aprovam, mas o significado de Putin como figura está diminuindo. Ele não é visto como insubstituível e tudo o mais, mas eles aprovam seu trabalho”.