Aprenda a verificar se você está inscrito no CadÚnico

Felipe Moreira
Editor na EuQueroInvestir, cobre temas que vão desde o mercado de ações ao ambiente econômico nacional e internacional.
1

Crédito: Reprodução/Facebook

O governo informou, nesta quarta-feira (1), que irá realizar o pagamento de um auxílio emergencial de R$ 600,00 a trabalhadores informais, Microempreendedores Individuais (MEI) e desempregados inscritos no Cadastro Único (CadÚnico) do Ministério da Cidadania até o último dia 20 de março.

Importante lembrar que os beneficiários do auxílio emergencial não precisam estar cadastrado no CadÚnico para receber o benefício. Apenas será preciso cumprir alguns critérios, como o limite de renda.

A função do CadÚnico é auxiliar na verificação da renda das pessoas inscritas, mas quem não está cadastrado, será realizada uma autodeclaração virtualmente. O governo não disse como essa declaração será realizada.

Segundo o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, trabalhadores informais sem cadastro devem ficar por último na fila de recebimento.

Para verificar se você está inscrito no CadÚnico, existem três alternativas. A primeira pelo site do Ministério da Cidadania, a segunda pelo aplicativo Meu CadÚnico e pelo telefone.

Site

Para acessar o site, basta clicar no link: aplicacoes.mds.gov.br/sagi/consulta_cidadao/.

Após entrar na página, você deverá preencher um formulário com seu nome completo, data de nascimento, o nome da mãe e selecionar o estado e o município onde que você mora.

Caso você lembre que foi cadastrado, mas não tenha encontrado seu nome no site, uma dica é digitar o seu nome de outro jeito. Isso porque você pode ter informado outra variação do seu nome ao técnico que fez a coleta dos dados.

Aplicativo

Outra maneira de realizar a consulta é pelo aplicativo Meu CadÚnico. Após baixar o aplicativo no seu telefone celular, insira seu nome completo, data de nascimento, nome da mãe e estado.

Telefone

Você ainda pode ligar para CadÚnico através do número 0800 707 2003.

A ligação não é cobrada, no entanto deve ser realizada de um telefone fixo.

As chamadas podem ser feitas de 07h às 19h de segunda a sexta-feira. E, de 10h às 16h nos finais de semana e feriados nacionais e durante o Calendário de Pagamento do Bolsa Família.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo