Aprenda a calcular a rentabilidade de seus investimentos

Thales Barboza
Thales Barboza é Engenheiro Civil com MBA em Gestão Financeira. Palestrante do EuQueroInvestir.com e também Assessor de Investimentos do EuQueroInvestir A.A.I. assessores de investimentos.Me envie um e-mail: thales.barboza@euqueroinvestir.com ou então um WhatsApp: (47) 9.8838.0075
1

Foto: homem-mostrando-grafico

Em minha profissão de assessor de investimentos, a dúvida mais comum que recebo dos meus investidores é: Qual o investimento mais rentável?

Essa dúvida é muito válida, ainda mais com uma infinidade tão grande de aplicações: CDB, LCI, Fundos de Investimento, Títulos Públicos, entre outros. Sendo que alguns são isentos de Imposto de Renda, como por exemplo LCI e LCA, e alguns não.

Além do fator tributário, alguns investimentos são pré-fixados; muitos pós-fixados atrelados ao CDI e outros atrelados a índices de preços como IPCA, IGPM, entre outros.

Deste modo, para que você consiga potencializar os seus rendimentos, é imprescindível projetar as rentabilidades para saber qual terá um maior valor no vencimento da aplicação.

Neste vídeo eu ensino como projetar estas rentabilidades fazendo os comparativos entre várias opções.

Ou seja, se você está na conta de sua corretora e quer saber se é mais viável uma LCI com taxa de 97% do CDI, um CDB com rentabilidade de 117% do CDI ou um CDB com taxa de IPCA+ 5,5% ambas para o prazo de 2 anos, é possível por meio deste vídeo.

Além disso, você também pode comparar investimentos entre seu banco e a sua corretora. Por exemplo, quantos reais a mais você terá após 3 anos se você migrar de um fundo do banco que rende 80% do CDI para um fundo na corretora que rende 110% do CDI?!

Disponibilizo está planilha onde basta preencher os dados das aplicações e o valor que pretende investir que é possível compará-los: Link para baixar a planilha

É de suma importância também projetar os índices que influenciam nos investimentos, por exemplo: CDI, Selic e IPCA, no decorrer do vídeo ensino qual a melhor referência para buscar estas projeções.

Ressalto também que a diversificação é um fator importantíssimo para mitigar o risco dos investimentos, ou seja, muitas vezes uma aplicação atrelada ao CDI vem apresentando retorno melhor.

Porém, também é importante ter algum investimento atrelado ao IPCA de modo a mitigar o risco de uma alta repentina da inflação.

Por fim, tão importante quando projetar é fazer o acompanhamento. Ao final do vídeo apresento como calcular a rentabilidade que a suas aplicações vêm obtendo tanto em termos percentuais como em relação ao CDI.

[banner id=”teste-perfil”]