Apple registra lucro líquido de US$ 11,25 bi e desdobra ações em quatro-por-um

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Pexels/Pixabay

A Apple anunciou, nesta quinta, os resultados do terceiro trimestre fiscal.

A companhia registrou lucro líquido de US$ 11,25 bilhões, com lucro por ação diluída de US$ 2,58.

Apple reporta resultados acima do esperado

Luca Maestri, CFO da Apple, comentou na apresentação de resultados: “Nosso desempenho no trimestre que se encerrou em junho (o terceiro do ano fiscal norte-americano) foi uma forte evidência da capacidade da Apple de inovar e executar em tempos difíceis”, disse .

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

“Os resultados recordes dos negócios levaram nossa base ativa instalada de dispositivos a uma alta histórica em todos os nossos segmentos geográficos e em todas as principais categorias de produtos”, afirmou Maestri.

“Aumentamos o EPS (lucro por ação, na sigla em inglês) em 18%, com relação ao trimestre anterior, e geramos um fluxo de caixa operacional de US$ 16,3 bilhões durante o trimestre”.

O lucro líquido de US$ 11,25 bilhões no trimestre foi mais do que o mercado esperava.

A receita da empresa ficou em US$ 59,7 bilhões, avanço de 11% na mesma comparação.

Além disso, a Apple declarou o pagamento de dividendos em dinheiro de US$ 0,82 por ação ordinária da empresa.

O dividendo será pago em 13 de agosto de 2020 aos acionistas com ações em 10 de agosto de 2020.

Segundo a empresa a Apple, os resultados mostram que as companhias de tecnologia andam sólidas.

Ações em quatro-por-um

Chamou atenção do mercado outro anúncio da Apple. Também nesta quinta, a empresa aprovou um desdobramento de ações em quatro-por-um.

Isso significa que, para cada ação da Apple que um investidor possui, ele receberá três ações adicionais. A operação acontecerá em 24 de agosto.

A decisão também torna as ações individuais da Apple mais acessíveis para outros investidores comprarem.

É algo semelhante ao que a Apple fez em 2014, quando ofereceu uma divisão de ações de sete-por-um.

Na época, a Apple estava negociando acima de US$ 600 por ação, o que a tornava bastante inacessível para o investidor médio.

A divisão trouxe as ações da Apple para cerca de US$ 92 cada.

Desdobramento

O desdobramento de ações não altera fundamentalmente nada da empresa, a não ser possivelmente tornar as ações acessíveis a um número maior de investidores.

Isso porque faz com que elas acabem tendo um valor mais baixo.

Como as ações da Apple atualmente valem acima de US$ 380, isso significa que os investidores talvez possam ter uma chance de comprar uma ação da empresa por cerca de US$ 100.

Mas tudo depende de como estará a cotação no final de agosto, quando acontece a operação quatro-por-um.

Após o fechamento da sessão de 24 de agosto, as outras três serão distribuídas e, então, o mercado conhecerá o preço delas.

Este é o quinto desdobramento de ações da Apple.

Já houve outro sete-por-um em 9 de junho de 2014.

Outros três dois-por-um aconteceram em 28 de fevereiro de 2005, 21 de junho de 2000 e em 16 de junho de 1987.