Apple (AAPL34) apresenta lucro líquido de R$ 12,673 bilhões no 3T20

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Pexels/Pixabay

A Apple (AAPL34) divulgou o balanço do quarto trimestre fiscal norte-americano nesta quinta-feira (29), com lucro líquido de US$ 12,673 bilhões, uma queda de 7,40% frente aos US$ 13,686 bilhões do mesmo período de 2019.

Vale lembrar que o quarto trimestre fiscal nos EUA é o equivalente ao nosso terceiro trimestre.

Apesar da queda, o resultado superou ligeiramente as expectativas de Wall Street.

Juliano Custódio. Henrique Bredda. Luiz Barsi. Gustavo Cerbasi.

Estamos Ao Vivo!

A receita da empresa foi US$ 64,698 bilhões, pouca coisa mais do que os US$ 64,040 bilhões do mesmo trimestre de 2019.


Divulgação: Apple

Vendas da Apple

Ao contrário das outras grandes empresas de tecnologia, a Apple ainda depende muito das lojas físicas.

Durante a pandemia, houve, como qualquer negócio, um abalo.

Assim, a venda de produtos apresentou ligeira queda, de US$ 51,529 bilhões para US$ 50,149 bilhões neste trimestre.

Entretanto, a perda foi compensada pelos serviços, que subiram de US$ 12,511 bilhões para US$ 14,549 bilhões.

Os investidores estão sempre examinando atentamente o negócio de serviços da Apple, que inclui assinaturas do iCloud e Apple Music.

O iPhone ainda é o produto mais vendido da empresa.

Mas caiu de US$ 33,362 bilhões no terceiro trimestre de 2019 para US$ 26,444 bilhões no terceiro trimestre de 2020.

Contudo, os Mac tiveram alta de US$ 6,991 bilhões no terceiro trimestre de 2019 para US$ 9,032 bilhões agora.

Vendas de iPads saíram de US$ 4,656 bilhões há um ano para US$ 6,797 bilhões.

E, finalmente, acessórios saíram de US$ 6,520 bilhões para US$ 7,876 bilhões neste terceiro trimestre de 2020.

É justamente este último caso que talvez tenha feito a Apple excluir o carregador da caixa na compra do novo iPhone 12, anunciado em outubro.

Tal prática, muito criticada por todo o mundo, levou o Procon-SP a notificar a empresa no Brasil por “prática abusiva”.

A empresa não vai incluir o adaptador de tomada com o iPhone 12, 12 Mini, 12 Pro e Pro Max quando eles forem lançados no Brasil, segundo o Tecnoblog.

A falta de orientação para o próximo trimestre significa que ninguém sabe como a Apple projeta as vendas do iPhone12.

Pandemia e o iPhone 12

“Se você olhar para a contagem de casos, a contagem de casos está aumentando na Europa Ocidental. Eles estão escalando nos Estados Unidos. E então ainda há um nível suficiente de incerteza lá fora… não acreditamos que esse seja um ambiente para se orientar”, disse o CEO da Apple, Tim Cook, para justificar a falta de projeção para o próximo trimestre.

A Apple não ofereceu orientação nos últimos dois trimestres devido à incerteza relacionada à pandemia de Covid-19.

No entanto, Cook disse que estava otimista sobre as vendas do iPhone 12 por uma série de razões.

Entre elas o 5G, promoções de operadoras e uma base fiel de fãs, e disse que “os dados iniciais são realmente muito bons”.

BDRs

As BDRs da Apple registram uma alta de 129,17% desde o começo de 2020.

Ao preço de R$ 66,94, as BDRs da Apple não precisaram ser desmembradas em 22 de outubro, quando passaram a ser negociadas no varejo aqui no Brasil.

Em outubro, o ativo cresceu 2,43%.

No terceiro trimestre, que reflete os dados apresentados nesta quinta, houve uma alta de 31,94%.

Se você quer investir no mercado de renda variável preencha o formulário abaixo que um assessor daEQI Investimentos vai entrar em contato.