Apple (AAPL34) tem lucro 110% maior no balanço do 1TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Pexels/Pixabay

A Apple (AAPL34) surpreendeu Wall Street nesta quarta-feira (28) com os números do seu balanço do primeiro trimestre de 2021.

O lucro do período ficou em US$ 23,63 bilhões, Ou seja, alta de 110% em relação ao mesmo período de 2020. A expectativa do mercado era de lucro de US$ 16,6 bilhões.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Veja aqui o balanço do 1TRI21 na íntegra.

Receita recorde da Apple (AAPL34)

A Apple (AAPL34) registrou uma receita recorde no trimestre de março de US$ 89,6 bilhões. Ou seja, aumento de 54% na base anual.

O lucro trimestral por ação diluída foi de US$ 1,40.

A estimativa média do mercado era de faturamento de US$ 77,4 bilhões e lucro de 0,99 dólar por papel.

Só com iPhones a receita da Apple (AAPL34) cresceu 66,5% no 1TRI21, totalizando US$ 47,94 bilhões.

As vendas internacionais representaram 67% da receita do trimestre.

Recompra de ações da Apple

A Apple disse que aumentará seus dividendos em 7% para US$ 0,22 por ação e autorizou US$ 90 bilhões em recompras de ações. O valor é bem maior do que o desembolsado no ano passado, de US $ 50 bilhões, e de 2019, de US $ 75 bilhões.

Recordes em todos os segmentos

A Apple relatou um crescimento de dois dígitos em cada uma de suas categorias de produtos, e sua linha de produtos mais importante, o iPhone, cresceu 65,5% em relação ao ano passado.

As vendas de Mac e iPad foram melhores, com os computadores crescendo 70,1% e as vendas de iPad crescendo quase 79% em uma base anual.

“Este trimestre reflete tanto as formas duradouras como nossos produtos têm ajudado nossos usuários a encontrar este momento em suas próprias vidas, quanto o otimismo que os consumidores parecem sentir sobre dias melhores para todos nós”, disse Tim Cook, CEO da Apple.

“Estamos orgulhosos de nosso desempenho no trimestre de março, que incluiu recordes de receita em cada um de nossos segmentos geográficos e forte crescimento de dois dígitos em cada uma de nossas categorias de produtos, levando nossa base instalada de dispositivos ativos a um ponto mais alto”, disse Luca Maestri, CFO da Apple.

“Esses resultados nos permitiram gerar um fluxo de caixa operacional de US$ 24 bilhões e retornar quase US$ 23 bilhões aos acionistas durante o trimestre. Estamos confiantes em nosso futuro e continuamos a fazer investimentos significativos para apoiar nossos planos de longo prazo e enriquecer a vida de nossos clientes”.

Vem ai! Money Week

Aprenda a investir com quem realmente entende do mercado