Após crescer entre outubro e novembro, serviços recuam 0,1% em novembro, aponta IBGE

Jéssica De Paula Alves
null

Crédito: Freepik

O setor de serviços no Brasil teve um recuo de 0,1 % em novembro de 2019, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A variação negativa ocorreu após um crescimento de 2,2%, entre os meses de setembro e outubro.

Mas sem o ajuste sazonal, contudo, o volume total de serviços alavancou em 1,8% em novembro de 2019, informou o IBGE. Dessa forma, houve um crescimento acumulado em 12 meses, com ganhos mais frequentes em agosto (0,6%), setembro (0,7%) e outubro (0,8%).

Decréscimo

O recuo de 0,1% de novembro foi acompanhado por três das cinco atividades analisadas pelo IBGE: setor de transportes (-1,1%) Serviços prestados às famílias (-1,15%) e serviços de informação e comunicação (-0,4%).

Por outro lado, houve serviços que tiveram resultados positivos no mesmo período, como os serviços profissionais, administrativos e complementares (0,1%), que emplacaram a quarta taxa positiva seguida, acumulando nesse período um ganho de 3,2%.

No índice acumulado dos primeiros onze meses de 2019, frente a igual período do ano anterior, o setor de serviços avançou 0,9%, com expansão em quatro das cinco atividades de divulgação e em 56,0% dos 166 tipos de serviços investigados.

Por Região

Quando analisado regionalmente, 16 das 27 unidades da federação tiveram retração no volume de serviços em novembro de 2019. Isso comparado com o mês anterior. Entre os locais que apontaram resultados negativos nesse mês, destaque para Mato Grosso (-5,7%), Minas Gerais (-1,1%), Pernambuco (-3,0%), Santa Catarina (-1,8%) e Espírito Santo (-3,5%).

Em contrapartida, os principais resultados positivos em termos regionais vieram de Rio de Janeiro (0,8%) e do Distrito Federal (0,9%).

No acumulado de janeiro a novembro de 2019, frente a igual período do ano anterior, o avanço do volume de serviços no Brasil (0,9%) se deu de forma concentrada entre os locais investigados, já que apenas 12 das 27 unidades da federação também mostraram expansão na receita real de serviços.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


Aproveite o atual cenário econômico do Brasil e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Deixe seus dados abaixo e conte com a nossa equipe para lhe ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374