ANTT reajusta tabela do piso mínimo com alterações de até 15%

Jéssica De Paula Alves
Jornalista e produtora de conteúdo
1

Crédito: Reprodução/Agência Brasil

Nesta quinta-feira (16), a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou novas regras para a cobrança do frete rodoviário. Os reajustes variam de 11% a 15%, segundo o órgão, e de acordo com o tipo da carga e qual operação é feita.

Assim, a nova tabela entrará em vigor na segunda-feira (20). Estes novos valores, segundo a ANTT, foram definidos após reuniões com os caminhoneiros. Entre as mudanças, estará a inclusão de cálculo do piso de diárias dos caminhoneiros.

Valores de itens como pneus e manutenção do caminhão também foram atualizados. Todavia não entram neste piso a margem de lucro dos caminhoneiro. E nem os custos com pedágios ou que sejam relacionados à movimentações logísticas. Também foram excluídas despedas como taxas e tributos.

Foi incluso também no texto a cobrança do valor das diárias do caminhoneiro e um novo tipo de carga, a pressurizada. Desta forma, a regulamentação é destinada a 12 categorias.

A tabela de frete foi estabelecida em 2018, na gestão do ex-presidente Michel Temer. Esta medida foi uma das ações que pôs fim à greve dos caminhoneiros.Os valores do piso mínimo do frete são atualizados pela ANTT a cada seis meses.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374