ANP: preço médio da gasolina recua 17,11% e do diesel, 19,61%

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução/Agência Brasil

A Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) divulgou nesta segunda-feira (18) a Síntese Semanal do Comportamento dos Preços dos Combustíveis e apontou mais uma queda do preço médio da gasolina, agora de 0,39% em relação à semana anterior, para 3,808 o litro. Essa é a décima sexta semana seguida de baixa no preço, gerando acúmulo de 17,11% de recuo. O óleo diesel S500 tem nesse período 19,61% de depreciação no valor.

A última vez que a gasolina apresentou alta foi na semana de 19 a 25 de janeiro de 2020, quando subiu 0,17%, comercializada a R$ 4,594 o litro. Na semana seguinte o combustível começou sua saga de queda, caindo 0,30%, a R$ 4,580 o litro. Era o primeiro recuo do preço desde outubro de 2019.

A Síntese Semanal do Comportamento dos Preços dos Combustíveis tem como propósito fornecer informações descritivas do comportamento semanal dos preços dos combustíveis no Brasil. Abrange os preços de revenda e distribuição da gasolina C comum, do etanol hidratado, do óleo diesel S500 comum e dos GLP P-13 (botijão de 13kg).

Dúvidas sobre como investir? Consulte nosso Simulador de Investimentos

Comportamento do preço da gasolina

Na sua temporada de 16 semanas de queda, a gasolina comum já acumula perda de 17,11%, saindo de R$ 4,594 em 25 de janeiro para o preço médio de R$ 3,808 econtrado agora.

Em um mês, houve baixa de 7,01% e de 16,45% em 12 meses.

Entretanto, o preço médio de distribuição da gasolina C apresentou variação positiva de 0,43% na comparação semanal, para R$ 3,264 o litro, com queda de 7,77% nas últimas 4 semanas e de 21,03% nos 12 meses anteriores.

A ANP lembra que nos últimos dias 21 de abril, 7 e 14 de maio, “a Petrobras reajustou os preços da gasolina em seus pontos de entrega, com variações de -7,92%, 11,88% e 9,91%, respectivamente, na média dos preços dos pontos de entrega”.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Variação do óleo diesel S500

A ANP informa que o preço médio de revenda do diesel S500 recuou de 0,71% em relação à semana anterior, para R$ 3,055 o litro.

O combustível acumula 19,61% de recuo no preço médio em 16 semanas. A última vez que apresentou alta, foi também na semana de 19 a 25 de janeiro, quando estava sendo vendido a R$ 3,800 o litro, sendo aquela a oitava semana consecutiva de aumento.

Na semana seguinte, o preço médio de revenda do diesel S500 apresentou variação semanal negativa de 0,58%, para R$ 3,778 o litro, iniciando sua trajetória de queda que dura até agora.

Demais combustíveis

O preço médio de revenda do etanol hidratado recuou 1,20% em relação à semana anterior, chegando a R$ 2,548 o litro.

O combustível está na sua nona semana consecutiva de baixa no preço de revenda, que acumulando queda de 21,67% no período.

Na semana de 15 a 21 de março, o etanol hidratado começou sua trajetória de queda. Naquele momento, o preço médio de distribuição registrou redução de 0,83% na comparação semanal, caindo para R$ 3,226 o litro.

O acúmulo de perda no período é de 21,67%, de acordo com a ANP.

Já o botijão de gás de 13 quilos é vendido em média a R$ 69,50, caindo 0,21% em relação à semana anterior. É a quinta semana consecutiva de baixa.

A última vez que o botijão de 13 quilos apresentou alta foi na semana de 5 a 11 de abril, quando o preço médio de revenda variou 0,26% para cima, em relação à semana anterior, indo a R$ 70,09. Na semana seguinte, houve queda de 0,18%, indo a R$ 69,96.

Nas últimas quatro semanas, o recuo foi de 0,66%. Nos últimos 12 meses, entretanto, ainda há alta de 0,79%.

Os benefícios de se ter um assessor de investimentos