Ame Digital, fintech da B2W (BTOW3) e Lojas Americanas (LAME4), compra a plataforma Bit Capital

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Ame Digital, fintech e plataforma online da Lojas Americanas (LAME4) e da B2W (BTOW3), anunciou nesta segunda-feira (07) a aquisição da Bit Capital.

A fintech é especializada em soluções de core banking. É uma plataforma Open Banking, modular, baseada em blockchain e open APIs. Assim, ela oferece soluções para integração nativa ao ecossistema financeiro, de forma simples e segura.

A Bit Capital também tem soluções de integração com o PIX, sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central.

Hoje, a Ame conta com mais de 14,5 milhões de downloads e presença em mais de 1.700 lojas físicas da Americanas, além dos sites Americanas.com, Submarino, Shoptime, Sou Barato e em mais de 2,8 milhões de outros lojistas.

“A aquisição está em linha com o plano de negócios da Ame, possibilitando a aceleração do seu desenvolvimento e maximizando suas frentes de negócios. Ainda é prematuro estimar seus efeitos nos resultados da Americanas e da B2W”, diz a Ame Digital em nota.

Dommo Energia (DMMO3) informa produção de óleo em Tubarão Martelo em novembro

A Dommo Energia (DMMO3) informou nesta sexta-feira a produção de óleo em Tubarão Martelo em novembro. No período foram 51.892 barris de óleo.

Segundo a empresa, o preço de referência mais recente fixado pela ANP é de USD 35,07 por barril.

A produção veio abaixo dos 57.108 de outubro e dos 57.594 de setembro.

Oi (OIBR3; OIBR4) contrata consultoria para avaliar conselho de administração

A Oi (OIBR3; OIBR4) informou a contratação da consultoria Egon Zehnder para avaliar seu conselho de administração.

Em comunicado, a empresa afirmou que em assembleia de 16 de outubro a administração firmou o contrato com a consultoria.

O processo de avaliação tem por objetivo subsidiar o próprio conselho na elaboração de uma proposta aos acionistas para a eleição do Conselho de Administração na Assembleia Geral Ordinária de 2021, considerando as necessidades da empresa para os próximos anos e a efetividade do órgão.

“Com esse passo, a companhia inicia a criação do marco dentro do qual será elaborada a proposta aos acionistas de composição do futuro conselho, de forma estruturada, transparente, criteriosa e alinhada com as melhores práticas de governança corporativa, em benefício da empresa e de todos os seus stakeholders”, diz a Oi.