Ame, financeira da LAME4 e BTOW3, adquire Nexoos; BTG (BPACC11) adquire corretora Fator

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Divulgação

A Ame, empresa financeira da Lojas Americanas (LAME4) e da B2W (BTOW3), fechou um acordo para a compra da fintech Nexoos Holding, que atende pequenas e médias empresas que buscam investidores. O valor da transação não foi revelado.

Segundo o comunicado, a aquisição está em linha com o plano de negócios da Ame, possibilitando a aceleração do seu  desenvolvimento  e  maximizando  suas  frentes de negócios. No entanto, ainda é  prematuro estimar seus efeitos nos resultados da Americanas e da B2W.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

BTG (BPACC11) fecha aquisição de 100% da Fator

O BTG Pactua (BPAC11) informa que assinou documentos definitivos referentes à aquisição de 100% (cem  por  cento)  do  capital  social  da Fator  S.A.  Corretora  de  Valores.

A aquisição faz parte da estratégia de expansão do BTG no  segmento  de assessoria de investimentos.
A Transação não inclui os negócios do Banco Fator, Fator Seguradora e Fator Asset Management.

O negócio ainda depende de aprovações  regulatórias junto ao Banco Central.

Méliuz (CASH3) adquire Acessopar

A Méliuz (CASH3) informa que assinou acordo de associação com a Acessopar Investimentos e Participações S.A. (“Acessopar”) e a Acesso Soluções de Pagamento S.A., fintech especializada em soluções de pagamento e banking as a servisse, e que opera utilizando as marcas “Acesso”, “Acesso Bank”, “Bankly” e “Banco Acesso” (“Acesso”).

O Acordo prevê a incorporação pela  Méliuz  de  100%  das  ações  de  emissão  da  Acessopar,  holding  controladora  da  Acesso,  em troca de novas ações de emissão da Méliuz.

O valor da transação totaliza R$ 324,5 milhões.
Segundo o comunicado emitido ao mercado, a associação  com  a  Acesso  e  sua  equipe  de  gestão  marca  mais  um  passo  na  expansão  do ecossistema  de  serviços  financeiros  do  Méliuz,  permitindo  o  desenvolvimento  de  soluções  em contas  digitais,  pagamentos,  e  outros  temas  relacionados  a  serviços  e  produtos  transacionais.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.