Ambev (ABEV3) teve lucro 1,25 vezes maior no 1TRI21

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Foto: Ambev (ABEV3) tem recomendação neutra reiterada pela XP

A Ambev (ABEV3) registrou um lucro líquido de R$ 2,733 Bilhões no balanço do primeiro trimestre de 2021 (1TRI21), crescimento de 125% em relação ao mesmo período do ano passado.

O resultado financeiro foi negativo em R$ 1,064 bilhão no quarto trimestre do ano passado, redução 30,7% sobre as perdas financeiras do primeiro trimestre de 2020.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

As despesas gerais e administrativas somaram R$ 4,808 bilhões, aumento de 18% na comparação ano a ano.

Conforme a Ambev (ABEV3), o aumento das despesas foi devido principalmente à provisão de remuneração variável e maiores despesas de distribuição, parcialmente compensados pelo faseamento de despesas de vendas e marketing.

Ambev (ABEV3): principais números do balanço do 1TRI21

Lucro líquido

Lucro 1TRI21: R$ 2,733 bilhões
Lucro 1TRI20: R$ 1,211 bilhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 1TRI21: R$ 5,327 bilhões
  • Ebitda 1TRI20: R$ 4,232 bilhões

Receita

  • Receita 1TRI21: R$ 16,639 bilhões
  • Receita 1TRI20: R$ 12,602 bilhões

Ebitda

O lucro antes de juro, impostos, depreciação e amortização (Ebtida, na sigla em inglês) ajustado somou R$ 5,327 bilhões no balanço do 1TRI21, elevação de 25,9% na comparação ano a ano.

Enquanto isso, a margem Ebitda ajustado da Ambev (ABEV3) foi de 32%, baixa de 1,6 p.p.

Receita cresce 32%

A receita líquida atingiu R$ 16,639 bilhões no período, uma elevação de 32% na comparação anual.

O lucro bruto da Ambev (ABEV3) subiu 24,9% no balanço do 1TRI21, atingindo R$ 8,694 bilhões.

A margem bruta atingiu 52,3% no trimestre, queda de 2,6 pontos percentuais na base anual.

O lucro operacional da companhia teve alta de 32,9% no primeiro trimestre deste ano, para R$ 4,06 bilhões, ante R$ 3,05 bilhões no primeiro trimestre do ano passado.

Investimentos e dívida

A Ambev (ABEV3) investiu R$ 1,327 bilhão no balanço do 1TRI21, redução de 1,4% em relação ao mesmo período de 2020.

O fluxo de caixa das atividades operacionais foi de R$ 2,836 bilhões, alta de 83,7%.

A dívida líquida da Ambev (ABEV3) encerrou março em R$ 14,308 bilhões.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3

Confira os destaques do balanço da Ambev (ABEV3):