Amancio Ortega: A história do bilionário que fundou a Zara

Késia Rodrigues
Colaboradora Independente do Portal EuQueroInvestir e leitora assídua de conteúdos sobre economia e política. Apaixonada por tecnologia, investimentos e viagens.

Crédito: Crédito da imagem: Fashion Network - Inditex,

É bastante comum que os grandes empreendedores do mundo acabem se tornando pessoas muito conhecidas. Foi assim, por exemplo, com Bill Gates, dono da poderosa Microsoft; com Jeff Bezos, dono da Amazon e com Elon Musk, dono da Tesla e da SpaceX.

No entanto, alguns desses empreendedores de sucesso preferem seguir um caminho diferente e tentam, na medida do possível, se manter no anonimato. Esse é o caso de Amancio Ortega, bilionário fundador da grife Zara, famosa pelo conceito de fast fashion.

Vindo do zero, Amâncio Ortega construiu um verdadeiro império no mercado da moda. Hoje, é dono da Inditex, empresa que controla uma série de outras grifes famosas como Massimo Dutti, Bershka e Stradivarius.

A história de Amancio Ortega nos mostra que é possível sair do zero e chegar ao topo. Basta ter dedicação e uma visão de negócios diferente e inovadora.

Continue a leitura para conhecer melhor esse case de sucesso!

Quem é Amancio Ortega

Talvez você nunca tenha ouvido falar no nome desse grande empresário, afinal, desde que começou a fazer fortuna com o grupo Inditex, ele se mantém reservado e evita ao máximo aparições em público.

Com uma fortuna estimada em mais de US$ 79 bilhões em 2015, chegou a tomar o posto de homem mais rico do mundo por alguns instantes, após Bill Gates ter feito uma doação bilionária em ações de sua companhia, a Microsoft.

Hoje, apesar de ter perdido esse posto, Amancio Ortega ainda figura entre os homens mais ricos do mundo, no ranking da revista Forbes, ocupando a sexta posição (2019) com uma fortuna de, aproximadamente, US$ 63 bilhões.

A história de Amancio Ortega

De origem espanhola, Amancio Ortega Gaona nasceu no dia 28 de março de 1936, na província de León. Alguns anos depois mudou-se para a cidade de La Coruña ainda criança em função de mudanças no emprego do pai, que era ferroviário.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

A família passava por dificuldades financeiras naquela época e quase não tinha dinheiro para comprar comida. Em função disso, aos 12 anos de idade, Ortega resolveu largar os estudos e começou a trabalhar na camisaria Gala, que ficava na cidade.

A experiência adquirida nesse trabalho o levou, anos mais tarde, a fundar a sua própria confecção, que ficou conhecida como GOA Confecciones. A sigla “GOA” nada mais era do que as iniciais do seu nome ao contrário (Gaona Ortega Amancio).

Na empresa trabalhavam os dois irmãos de Amancio, além de sua primeira esposa, a espanhola Rosalia Mera. Naquela época, a pequena confecção funcionava em uma garagem com pouco mais de 80 metros quadrados e era focada na produção de roupões femininos, sempre nas cores azul e rosa.

Aos poucos, o negócio foi crescendo até que, em 1975, a primeira loja Zara foi inaugurada em La Coruña.

Uma curiosidade sobre a loja envolve o seu nome. Inicialmente, Amancio queria que ela se chamasse Zorba, no entanto, havia um café na região com o mesmo nome, o que fez o empresário mudar de ideia.

O nome Zara surgiu por dois motivos: o primeiro era o fato de que Zara era um nome de fácil pronúncia em diversas línguas, já o segundo foi o fato de que Amancio precisaria fazer poucas modificações no letreiro que havia comprado para a loja, pois seria necessário apenas retirar o “b” e comprar um novo “a”.

O surgimento da Zara permitiu que Amancio vendesse diretamente aquilo que produzia após anos de experiência no ramo de confecções. O sucesso da marca foi grande desde o início, com várias lojas sendo abertas pela região.

Pouco mais de uma década depois da abertura da primeira loja, a Zara se internacionalizou por meio da abertura de uma loja na cidade do Porto, em Portugal. Pouco tempo depois foi a vez de Nova York e Paris receberem as primeiras lojas Zara.

Hoje, a marca já está presente em cerca de 96 países ao redor do mundo e conta com mais de duas mil lojas.

O grande segredo do sucesso da Zara está em um conceito chamado fast fashion, do qual falaremos mais no tópico seguinte.

Entenda o que é o fast fashion, o segredo do sucesso da Zara

Ao longo dos seus anos de trabalho, Amancio Ortega percebeu que era preciso trabalhar com agilidade se quisesse atender a todos os anseios dos clientes de suas lojas.

Dessa forma, desenvolveu uma rotina de trabalho diferente da adotada pela maioria das grifes naquela época, pois levava as últimas tendências da moda para as suas lojas Zara sempre no menor tempo possível.

Com isso, Amancio conseguia acompanhar de perto tudo aquilo que os seus clientes buscavam e, consequentemente, compravam.

Foi daí que surgiu o conceito de fast fashion, devido a rapidez com que a empresa conseguia produzir e entregar os produtos em suas lojas para que os clientes pudessem sempre contar com as últimas novidades assim que fosse lançada uma moda.

O que garante o bom funcionamento desse processo é a forma como a empresa trata a sua produção, pois está presente em todas as etapas, desde a fabricação até a venda do produto para o cliente final.

Para que você possa ter uma ideia, o processo é tão rápido que as novas criações da grife podem chegar às lojas em duas ou três semanas após o lançamento, o que representa cerca de metade do tempo utilizado pelas demais marcas do ramo.

Outro ponto positivo desse processo é que os pedidos feitos em cada uma das lojas chegam até elas em cerca de 48 horas apenas. Nesse sentido, se o cliente gostou de algum produto do catálogo da marca, poderá tê-lo em suas mãos em um ou dos dias, no máximo.

Toda essa agilidade colocou a Zara em uma posição de destaque no mercado e permitiu que ela crescesse de uma forma exponencial ao longo dos anos.

No entanto, ela também representa um grande desafio para o futuro, visto que a empresa já sofreu acusações pesadas de manter seus trabalhadores em condições análogas a de trabalho escravo para manter a produção a todo vapor.

Outros investimentos de Amancio Ortega

Além de ser o acionista majoritário do grupo Inditex, com cerca de 60% do capital da companhia, Amancio também investiu parte do dinheiro que ganhou ao longo dos anos em imóveis.

Dono de alguns dos mais importantes edifícios empresariais do mundo, Amancio possui inquilinos poderosos e bilionários como ele.

Entre esses inquilinos estão nada menos do que Jeff Bezos, Larry Page e Mark Zuckerberg, que possuem escritórios alugados em empreendimentos do bilionário dono da Zara.

Outro detalhe importante é que Amancio é o dono da maior e mais importante imobiliária da Espanha, responsável por uma série de empreendimentos corporativos na Europa, na Ásia e nos Estados Unidos.

Somente nos EUA, segundo a revista Bloomberg, Amancio possui cerca de US$ 13 bilhões em imóveis. Entre os empreendimentos estão o edifício histórico Haughwout Building e a mais alta torre de escritórios de Miami.

Como vive Amancio Ortega hoje

Aos 83 anos de idade, Amancio Ortega ainda vive em La Coruña junto a Flora Pérez, com quem se casou em 2001.

O empresário é conhecido por levar uma vida bastante simples, mesmo sendo uma das pessoas mais ricas do mundo.

Reservado, ele não gosta de aparecer em público e costuma caminhar pela fábrica e acompanhar o trabalho de seus empregados. Um de seus principais hábitos é comer no refeitório da empresa.

De tão reservado, Amancio não era conhecido em La Coruña antes da abertura do capital da Inditex. O seu primeiro retrato foi publicado, inclusive, em razão desse processo, mas porque ele foi obrigado a tirar essa foto.

Em sua casa, Amancio gosta de criar galinhas e leva uma vida bastante tranquila. Dirige o seu próprio carro, um Audi A8 e gosta de acompanhar jogos de futebol.

Outro fato sobre o empresário é que ele não utiliza as roupas produzidas pelas suas próprias marcas. Comumente é visto com as mesmas roupas: uma camisa branca, uma jaqueta azul e calças cinzas, sendo que nenhuma delas é produzida pela Inditex. Curioso, não é mesmo?

Considerações finais

Ao longo de sua vida, Amancio Ortega não só fez fortuna, mas também desenvolveu conceitos que foram bastante importantes para a indústria da moda.

Enquanto a maioria dos seus concorrentes apresentava novas peças apenas com base nas estações do ano, a sua loja levava pouco mais de duas semanas para entregar novos produtos a seus clientes, sempre ávidos por novidades.

Além disso, Amancio apostou na diversificação do seu público-alvo para conseguir cada vez mais clientes. Com isso, criou várias outras marcas de renome internacional na indústria da moda.

Os investimentos em imóveis também foram outra forma encontrada por ele para aumentar a sua fortuna e se tornar um dos homens mais ricos do mundo.

Para receber mais artigos como este em primeira mão, siga a EuQueroInvestir nas redes sociais. Já se você deseja saber mais sobre o mercado de investimentos, ou mesmo fazer um diagnóstico de suas atuais aplicações, entre em contato conosco, pois iremos indicar um assessor de investimentos para auxiliar você nessa tarefa.

Até o próximo post!

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.