Alteração no Imposto de Renda pode ser modificada; veja mais notícias

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A proposta que altera as regras para o Imposto de Renda (IR) físicas e jurídicas poderá ser bastante modificada. Matéria do jornal O Globo informa que especialistas encontraram diversas questões que precisam ser equalizadas.

Os especialistas apontados pela matéria no jornal, dizem que há erros de calibragem nas alíquotas, dentre outros. Assim, deverá receber emendas e mudanças antes de ser votado.

Matéria do Valor Econômico  diz também que a proposta irá dificultar  práticas adotadas e que resultam na redução dos impostos deduzidos. Os chamados planejamentos tributários, embora não proibidos, podem se tornar dificultados.

Taxa de dividendos pode cair

Matéria do jornal Valor Econômico mostra que a taxa de dividendos de holdings deve cair. Especialistas apontam que a possibilidade de acumulação de créditos tributários é um dos problemas. Outra questão é a bitributação.

Selic é projetada para 7,25%. Há também espaço para crescimento do PIB

O risco de pressões inflacionárias nos próximos meses, pode fazer com que o Banco Central adote medidas restritivas com relação à taxa Selic. Matéria do jornal Valor Econômico, aponta que a taxa básica chegue a 7,25% ao ano, no fim de 2021.

Porém, a matéria aponta também que existe espaço para aumento do Produto Interno Bruto (PIB). Para o fim do ano, é esperada uma elevação de 5,3%, de acordo com a matéria.

Nova variante da Covid-19 ameaça recuperação

Matéria do jornal Valor Econômico traz uma projeção do Federal Reserve (FED), de que o impacto da nova variante Delta, da covid-19, pode ameaçar o plano de recuperação econômica. Isto porque ainda há um baixo índice de vacinação observada em vários países do mundo.

No Brasil, com relação ao combate à covid-19, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), de acordo com matéria do Estadão, tem avançado. As investigações tem ido contra as suspeitas de irregularidades na compra de vacinas.

Maioria dos brasileiros vê corrupção no governo

Pesquisa publicada pelo jornal Folha de S.Paulo mostra que ao menos 70% dos brasileiros acreditam que há casos de corrupção no governo do presidente Jair Bolsonaro.

BTG Pactual volta a investir em participações

O banco BTG Pactual (BPAC11) tem voltado a investir em participações em projetos de companhias não financeiras. De acordo com matéria do Valor Econômico, esta participação se dá por meio do fundo de private equity.