Usiminas (USIM5) lidera as altas no Ibovespa nesta segunda-feira

Matheus Gagliano
Jornalista formado em 2007. Possui mais de 15 anos de experiência em jornalismo econômico e corporativo. Passou por veículos especializados como Brasil Energia e Canal Energia e pelo Jornal do Commercio, do Rio de Janeiro. Além de passagens por veículos como Record TV do Rio, jornal O Dia e Diário Lance.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

As ações da Usiminas (USIM5) lideram as altas no Ibovespa nesta segunda-feira (29). Por volta das 14h20, os papéis da empresa subiam 6,12%.

A alta da mineradora segue no embalo da elevação do preço do minério de ferro. O insumo registrou alta de 6,83% em Qingdao, na China, nesta segunda-feira. Com isso, o preço da tonelada é vendido a US$ 103,27.

Em seguida, surge Braskem (BRKM5) que cresce 5,04%.

O Locaweb (LWSA3) é a terceira entre as maiores altas. Esta opera com variação positiva de 4,59%.

Logo após aparece Ultrapar (UGPA3), que registra variação positiva de 4,11%.

Por fim, vem Méliuz (CASH3), que opera com elevação de 4,09%.

O Ibovespa opera com alta de 1,19% aos 103.445 pontos. Acompanhe aqui a cobertura dos mercados

Maiores quedas do Ibovespa

Entre as ações que mais caem na sessão está B3 (B3SA3), que cai 4,75%.

Após, vem Cyrela (CYRE3), que cai 2,26%.

Depois, surge CVC Brasil (CVCB3) que possui redução de 1,87%.

Em seguida, surge Notre Dame (GNDI11), que recua 1,65%.

Por fim, vem Santander (SANB11), que possui redução de 1,23%.

Mais destaques

A ação mais negociada do dia é da Petrobras (PETR4), que sobe 2,81%. Em seguida, surge Vale (VALE3), que cresce 1,49%.

Já, com a terceira ação mais negociada, está Magalu (MGLU3), que possui elevação de 1,12%

Após esta, surge Itaú-Unibanco (ITUB4), que possui retração de 0,26%.

Por fim, vem Bradesco (BBDC4), que cai 0,54%.