Suzano (SUZB3) lidera as altas nesta sexta; Ibovespa amplia queda

Matheus Gagliano
Jornalista formado em 2007. Possui mais de 15 anos de experiência em jornalismo econômico e corporativo. Passou por veículos especializados como Brasil Energia e Canal Energia e pelo Jornal do Commercio, do Rio de Janeiro. Além de passagens por veículos como Record TV do Rio, jornal O Dia e Diário Lance.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

As ações da Suzano (SUZB3) lideram as altas no Ibovespa nesta sexta-feira (26). Por volta das 13h50, os papéis da empresa subiam 0,75%. A bolsa amplia as perdas e a queda já supera 3%.

Por fim, vem Taesa (TAEE11), que opera com elevação de 0,14%.

A queda da bolsa ocorre após a divulgação da descoberta de uma nova variante da covid-19, na África do Sul. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), esta nova cepa tem uma taxa de transmissão considerada elevada.

O Ibovespa opera com queda de 3,75% aos 101.816 pontos. Acompanhe aqui a cobertura dos mercados

Maiores quedas do Ibovespa

Entre as ações que mais caem na sessão está Gol (GOLL4), que cai 13,68%.

Após, vem Azul (AZUL4), que cai 13,22%.

A queda das companhias aéreas vem no embalo da forte queda da bolsa, por conta da nova variante detectada na África do Sul. Vários países da Europa informaram o fechamento de fronteiras de países da África e restrição nos voos provenientes do continente africano.

Depois, surge CVC Brasil (CVCB3) que possui redução de 12,73%.

Em seguida, surge Petrorio (PRIO3), que recua 11,68%.

Por fim, vem Embraer (EMBR3), que possui redução de 10,75%.

Mais destaques

A ação mais negociada do dia é da Petrobras (PETR4), que cai 4,83%.

A Petrobras (PETR4;PETR3) publicou um comunicado sobre o fim do litígio judicial com a Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA).

A petrolífera aponta que o acordo deve gerar um efeito positivo de R$ 132,6 milhões no resultado financeiro do 4° trimestre de 2021, sem considerar os efeitos tributários.

Em seguida, surge Vale (VALE3), que tem redução de 3,28%.

A Vale (VALE3) aprovou sua nova política de divulgação de informações, sendo que esta está aderente à Resolução CVM nº 44, de 23 de agosto de 2021 e poderá ser acessada nas páginas da internet da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), da B3, e no site da companhia.

Já, com a terceira ação mais negociada, está Petrobras (PETR3), que possui retração de 5,31%

Após esta, surge Petrorio (PRIO3) e Bradesco (BBDC4), que possui recuo de 4,80%.