Suzano (SUZB3) lidera as altas no Ibovespa nesta sexta-feira

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

As ações da Suzano (SUZB3) lideram as altas no Ibovespa nesta sexta-feira (22). Por volta das 14h25, os papéis da empresa subiam 7,72%.

Na véspera, a Suzano (SUZB3) informou que irá antecipar em cinco anos a remoção de 40 milhões de toneladas de CO2 da atmosfera. A meta da empresa é ampliar a cobertura vegetal neste período por meio de plantios comerciais e de áreas destinadas à conservação, em locais antes degradados e antropizados. A companhia também divulgou que pretende aprimorar seu manejo florestal.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Klabin (KLBN11) é a segunda entre as maiores altas. Esta opera com variação positiva de 6,89%.

Em seguida, surge Metalúrgica Gerdau (GGBR4), que opera com elevação de 2,25%. Após esta, vem Bradespar (BRAP4) que cresce 1,78%.

Por fim, vem Vale (VALE3), que registra variação positiva de 1,77%.

O Ibovespa opera com retração de 2,52% aos 105.019 pontos. Acompanhe aqui a cobertura dos mercados

Maiores quedas do Ibovespa

Entre as ações que mais caem na sessão está Locaweb (LWSA3), que cai 11,56%.

Após, vem Banco Inter (BIDI11), que cai 10,86%. Banco Inter (BIDI4), que recua 10,31%, surge a seguir.

Em seguida, está Grupo Soma (SOMA3), que possui queda de 7,70%.

Por fim, vem Americanas (AMER3), que possui redução de 6,89%.

Mais destaques

A ação mais negociada do dia é da Petrobras (PETR4), que tem retração de 3,10%.

A Petrobras (PETR3; PETR4) colocou à venda o campo de Catuá, na Bacia de Campos. A área de concessão está situada em água territoriais do Espírito Santo, a 128 km da costa. A lâmina d´água varia entre 1.700 metros e 1.950 metros. Existem quatro poços perfurados, nos quais forma encontrados óleos leves. A concessão foi adquirida na chamada rodada zero da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A Petrobras informou ainda que sua diretoria executiva aprovou encaminhamento ao conselho de administração de proposta para acordo a ser assinado com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Este está relacionado à cobrança do royalties sobre a operação da unidade de industrialização de xisto, em São Mateus, no Paraná.

Em seguida, surge Cielo (CIEL3), que é a segunda mais negociada do dia, que cai de 2,56%.

Já, com a terceira ação mais negociada, está Cogna (COGN3), que possui retração de 6,25%. Após esta, surge Bradesco (BBDC4), possuindo desvalorização de 4,71%

E por fim, vem B3 (B3SA3), que cai 4,53%.