Getnet (GETT11) lidera as altas no Ibovespa; bolsa cai mais de 2%

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

As ações da Getnet (GETT11) voltam a liderar as altas no Ibovespa. Por volta das 13h50, os papéis da empresa subiam 16,71%.

A Getnet tem sido destaque na bolsa. As ações da maquininha de cartões do Santander (SANB11), a Getnet (GETT3, GETT4, GETT11), estrearam na Bolsa na nesta segunda-feira (18), com grande sucesso. Todos os papéis fecharam disparados. GETT3 fechou com alta de 147,23%, a valorização mais intensa entre os três, valendo R$ 5,50.

Já GETT4 fechou com alta de 97,03%, a R$ 5. E, por fim, GETT11 encerrou o dia com alta de 65,27%, a R$ 7,80.

A Petrorio (PRIO3) é a segunda entre as maiores altas. Esta opera com variação positiva de 1,03%.

Depois, surge Americanas (AMER3), que opera com elevação de 0,18%.

O Ibovespa opera com queda de 2,38% aos 111.704 pontos. Acompanhe aqui a cobertura dos mercados

Maiores quedas do Ibovespa

Entre as ações que mais caem na sessão está Cielo (CIEL3), que cai 6,90%.

Após, vem Meliuz (CASH3), que cai 6,61%.

Depois surge Cyrela (CYRE3), que possui redução de 6,37%.

Em seguida, está Azul (AZUL4), que tem queda de 6,29%. Yduqs (YDUQ3), que recua 5,89%, encerra a lista de maiores baixas.

Mais destaques

A ação mais negociada do dia é da Petrobras (PETR4), que tem queda de 3,16%.

Em seguida, surge Vale (VALE3), opera com retração de 0,93%.

JBS (JBSS3), é a terceira mais negociada do dia, que redução de 1,90%.

A JBS (JBSS3) comunicou o lançamento da sua 7ª emissão de debêntures simples, não conversíveis em ações, no montante de até R$ 1,2 bilhão.

Para isso, serão emitidas até 1,2 milhão de debêntures ao preço de R$1.000,00, em até duas séries.

Os recursos líquidos obtidos pela Companhia com a emissão serão destinados integralmente e exclusivamente à aquisição de bovinos de produtores rurais.

Após, entre as mais negociadas, surge B3 (B3SA3), que variação negativa de 2,36%

A B3 (B3SA3) confirmou nesta terça-feira (19) a aquisição da Neoway Tecnologia Integrada Assessoria e Negócios por R$ 1,8 bilhão. A empresa é uma companhia voltada para big data analytics e inteligência artificial para negócios.

Os recursos virão do caixa livre da B3. O fechamento da transação ainda está sob análise do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Também ficará sob avaliação da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

E por fim, vem Petrobras (PETR3), que recua 3,01%.