Alphaville (AVLL3): vendas brutas totalizaram R$127 milhões, 119% acima do 1T20

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Alphaville S.A. (AVLL3)

A Alphaville (AVLL3) reportou vendas brutas de R$127 milhões no primeiro trimestre de 2021, alta de 119% sobre o mesmo período de 2020.

Das vendas totais de estoque realizadas no período, R$ 58 milhões correspondem aos empreendimentos lançados após 2019 (46%) e R$ 68 milhões ao legado (54%).

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

A VSO de estoque atingiu 38% no primeiro trimestre de 2021, acima do verificado no primeiro trimestre de 2020, que registrou 15%.

“A melhora na VSO dos projetos lançados anteriormente a 2021 reflete, além da tendência de maior procura por produtos Alphaville, o sucesso na implementação do processo de vendas 100% online ao longo de 2020”, destacou a companhia.
No fechamento do primeiro trimestre de 2021, a VSO acumulada dos 4 projetos lançados em 2020 totalizou 87%.

Os projetos Terras Alpha Nova Esplanada e Ceará Comercial 5, ambos lançados em dezembro de 2020, alcançaram 56% de VSO consolidada.

Em março de 2021 a Companhia realizou o pré-lançamento do projeto Jardim Alpha Ponta Grossa, localizado na cidade de Ponta Grossa (PR) e com VGV de R$56 milhões.

O pré-lançamento foi um evento 100% digital que em 11 dias vendeu 18% do empreendimento.

Direcional (DIRR3) emite Certificado de Recebíveis Imobiliários

A Direcional (DIRR3) informou que foi concluído o processo de coleta de intenções de investimento da 1ª emissão de Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI).

A Oferta será composta por 200 mil CRIs, lastreados nos direitos creditórios decorrentes da 7ª emissão de debêntures simples, no valor de R$ 200 milhões, com vencimento em 13 de abril de 2028.

BTG Pactual (BPAC11) comunica conclusão do processo de transferência de participação

O BTG Pactual (BPAC11) comunicou a aprovação da conclusão do processo de transferência de uma parcela correspondente a cerca de 22,55% do EFG International AG, instituição financeira suíça detida indiretamente pelo Banco à BTGP Holding.

A operação foi realizada mediante a transferência pela BTG Pactual (Cayman) International Holding Limited, sociedade constituída de acordo com a legislação das Ilhas Cayman, subsidiária integral do Banco BTG Pactual.

A operação possui o valor total de aproximadamente R$ 3,8 bilhões.

Planilha de Ativos

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.