Alliar (AALR3) inicia testes para Covid-19 com 99,5% de precisão

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor

Crédito: Reprodução / Abbott Laboratories

A Alliar (AAL3) começou a realizar nesta semana testes com 99,5% de precisão para detecção do novo coronavírus. Os exames são do tipo sorológicos, para identificar a presença de anticorpos contra a Covid-19, e foram desenvolvidos pela Abbott Laboratories, uma farmacêutica norte-americana.

“Cada teste tem uma função diferente, o PCR é para detectar se o paciente está com o vírus SARS-COV-2, causador da Covid-19, enquanto o (teste) rápido mostra se já teve o contato e se tem anticorpo contra ele”, explica o Dr. Juan Cevasco, diretor médico do Grupo Alliar.

Alliar e Abbot

A Abbott recebeu aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de seu teste de sorologia laboratorial para a detecção de anticorpos IgG, que identificam se uma pessoa já foi infectada pelo novo coronavírus.

“A Abbott concentrou seus esforços para trazer os testes de Covid-19 ao mercado brasileiro o mais rápido possível para ajudar no combate à pandemia do novo coronavírus,” explica Júlio Aderne, Gerente Geral da Divisão de Diagnósticos da Abbott no Brasil. “Estamos orgulhosos por poder fornecer nossos testes de anticorpos imediatamente, pois ajudarão a entender quem teve o vírus, levando a uma maior confiança à medida que vamos retornando à normalidade”.

Segundo a Abbott, “testes de anticorpos apontam se a pessoa já foi infectada em algum momento na vida. O teste de anticorpos SARS-CoV-2 da Abbott identifica o anticorpo IgG, que é a proteína que o corpo produz nos estágios finais da infecção, podendo permanecer até meses e, possivelmente, anos após a recuperação da pessoa. Esse teste demonstrou especificidade e sensibilidade para detectar anticorpos IgG maiores que 99% em 14 dias ou mais após o início dos sintomas”.

 

Ecorodovias (ECOR3) tem redução de 27,6% no tráfego desde início da crise

A Ecorodovias (ECOR3) apresentou queda no volume consolidado de tráfego durante a crise do novo coronavírus.

No período analisado, de 16 de março a 19 de maio, o volume total foi de 36,862 milhões de pagantes de pedágio em todos os sete sistemas rodoviários administrados pela companhia, incluindo veículos leves e pesados. No mesmo período de 2019, foram 50,901 milhões, uma queda de 27,6%.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Contando os sistemas da Eco135, com cobrança de pedágio a partir de 1º de maio de 2019, e da Eco050, com números informados pela concessionária anterior, 2020 tem tráfego consolidado de 48,356 milhões, contra 62,548 milhões de 2019, uma queda de 22,7%.

No acumulado de todo o ano, desde 1º de janeiro, há uma queda de 112,427 milhões em 2019 para 98,780 milhões, o que representa 12,1%.

Contando os sistemas da Eco135 e da Eco050, a queda sai de 132,185 milhões de veículos para 125,852 milhões, o que representa menos 4,8%.

Conheça os benefícios de se ter um assessor de investimentos