Alerta sobre barragens deve continuar até sexta-feira, diz ANM

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Agência Senado/Reprodução

As previsões contínuas de fortes chuvas para os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Goiás acenderam o alerta para a Agência Nacional de Mineração (ANM). Em comunicado emitido nesta segunda-feira (27), a agência pediu que as empresas que tenham barragens de mineração continuem em estado de alerta. A previsão é que, com mais chuvas nos próximos dias, o alerta permaneça até esta sexta-feira (31).

Segundo a nota da ANM, os dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) apontam que a maior intensidade de precipitação deve ocorrer na região centro norte de Goiás, regiões litorâneas do Espírito Santo, região centro-sul de Minas Gerais e região serrana do Rio de Janeiro. Os fiscais do órgão solicitam que as equipes de segurança de barragens se mantenham em alerta com monitoramento diário das condições das estruturas. Isso inclui especialmente o estado de conservação das estruturas. A ANM pede ainda que todos mantenham atenção especial às tomadas d’agua dos vertedouros para garantir a capacidade vertente de acordo com o projeto.

Em casos de anormalidades a orientação é para que a mineradora acione o Plano de Ação de Emergência para Barragens de Mineração (PAEBM). Assim como o SIGBM (Sistema Integrado de Gestão de Segurança de Barragens), que deve ser prontamente informado.

Aprenda hoje a investir em Small Caps e encontre as oportunidades escondidas na Bolsa.