Agrogalaxy: conheça a empresa agrícola que estreia na Bolsa

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Agrogalaxy registra pedido de IPO

A plataforma de varejo de insumos agrícolas Agrogalaxy (AGXY3) deve estrear na Bolsa de Valores esta semana.

A empresa já precificou suas ações e o IPO está programado para ocorrer em 26 de julho.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Com os recursos, a empresa quer investir em capital de giro, reforçar a estrutura de capital e fazer investimentos em crescimento orgânico e inorgânico.

Vamos conhecer melhor esta empresa?

História da Agrogalaxy

A companhia é uma das maiores plataformas de varejo de insumos agrícolas e serviços voltados para o agronegócio brasileiro. A Agrogalaxy atua na comercialização de insumos agrícolas, produção de sementes, originação, armazenamento e comercialização de grãos, além de prestação de serviços agrícolas.

A companhia conta com cobertura geográfica nacional. Formada a partir da aquisição de plataformas líderes em diferentes regiões brasileiras, a Agrogalaxy tem os benefícios da integração, enquanto mantém as características e marcas originais de cada plataforma, além de todo o histórico local e proximidade com o agricultor.

Em 1 de abril de 2021, após a conclusão da aquisição da Boa Vista, a companhia passou a contar com 104 lojas, incluindo pontos comerciais, 19 silos, incluindo unidade de armazenamento de grãos da unidade de beneficiamento de sementes e 3 plantas próprias de sementes de soja e 5 tooling, situadas em 9 estados, cobrindo cerca de 1.000 cidades, consolidando sua estratégia de ter forte capilaridade nas regiões mais estratégicas do agronegócio brasileiro e com próximo relacionamento com os produtores, entregando soluções de ponta com agilidade.

O público-alvo da companhia são pequenos e médios produtores, com área cultivada de até dez mil hectares, que buscam os melhores produtos, diversificação de fornecedores, soluções de financiamento e crédito, assistência técnica desde o plantio até a colheita, serviços de logística e alta tecnologia. Fornecendo produtos para diversas culturas, incluindo soja, milho, café, trigo, entre outros.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo

Agrogalaxy

Histórico de aquisições

Em 30 de outubro de 2020, foi aprovada a combinação dos negócios da Agrogalaxy, da Agro Key Participações e da Agro Advance Participações através da incorporação societária pela companhia da Agro Key e da Agro Advance.

Esta reestruturação ocorreu com a troca de ações, por valores negociados entre as partes, em uma operação entre companhias que não possuem controle comum e que, portanto, representa uma combinação de negócios apresentada considerando o método de aquisição.

A Agrogalaxy foi formada a partir da aquisição de empresas líderes de suas regiões de atuação, com uma oferta de produtos e serviços estabelecidos, uma base de clientes sólida e uma cultura de comprometimento com o produtor brasileiro.

Desde a primeira aquisição em 2016, a empresa concluiu seis aquisições, além da aquisição de ativos e estabelecimento de contratos de parceria. As marcas locais são geridas com autonomia local e coordenação centralizada. Abaixo estão os principais marcos em aquisições:

  • 2016: Rural Brasil
  • 2017: Agro 100
  • 2018: Agro Ferrari
  • 2019: Grão de Ouro e Sementes Campeã
  • 2021: Boa Vista

Agrogalaxy

Mercado de atuação da Agrogalaxy

A empresa atua no varejo de insumos agrícolas, fornecimento de serviços e tecnologias agrícolas, com foco no desenvolvimento de uma parceria de longo-prazo com agricultores, atuando em diversas as etapas do seu negócio.

Está presente nos estados de Goiás, Pará, Paraná, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo e Tocantins, com potencial para expandir a área de atuação para regiões não exploradas de Norte ao Sul do país, bem como em geografias estratégicas nas suas regiões de influência.

Agrogalaxy

No início de cada safra, o produtor agrícola conta com o apoio da equipe de consultores técnicos da companhia para fornecer orientação em relação a quais produtos utilizar, desde a semente, fertilizantes para correção de nutrientes do solo, defensivos para proteção da cultura contra pragas e ervas daninhas, entre outros.

A Agrogalaxy realiza diversos eventos ao longo do ano, como a Super Agro e treinamentos de consultores de vendas e de agricultores e seus times operacionais, como a Ourotec, de forma a divulgar o lançamento de novas tecnologias, promover o trabalho dos consultores técnicos, orientar sobre o gerenciamento de culturas e maquinário, e elevar a fidelidade de seus clientes.

O produtor também conta com a empresa para fornecer crédito, solução de logística, inteligência meteorológica e know-how e controle sobre as culturas.

A Agrogalaxy também oferece ao produtor armazenagem e comercialização de grãos, bem como ferramentas como contratos de barter (que dá a opção ao produtor de pagar pela compra de insumos com entrega de grãos).

Dados econômico-financeiros

A Agrogalaxy reportou prejuízo de R$ 22,1 milhões nos dez meses findo em outubro de 2020, contra lucro de R$ 17,6 milhões no mesmo período de 2019.

O Ebitda da empresa somou R$ 90,1 milhões no acumulado até outubro de 2020. O indicador foi de R$ 98,4 milhões do ano anterior.

Já a margem Ebitda ficou em 5,3% nos dez primeiros meses de 2020, ante 7,9% de 2019.

Por fim, a receita líquida da Agrogalaxy somou R$ 1,710 bilhão no acumulado do ano até outubro, contra R$ 1,242 bilhão.

Pontos fortes da empresa

Modelo de negócio que permite ter exposição às vantagens do setor de agronegócios do Brasil, com mitigação dos riscos.

Capacidade comprovada de entregar crescimento orgânico combinado com expansão via M&A, com rápido processo de profissionalização de empresas familiares.

Posicionamento único do modelo de negócios, cultura e time, para conduzir o processo de crescimento e consolidação no setor.

Abordagem one-stop-shop capaz de proporcionar uma gama completa de soluções e experiência diferenciada para produtores agrícolas.

Modelo de gestão de risco completo construído com base nas melhores práticas de mercado de ESG.

Estratégia da empresa

Expansão das operações e adensamento da presença em praças onde a Agrogalaxy já atua.

Otimização da operação através de investimentos e iniciativas já realizados.

Estratégia digital focada no aprimoramento da experiência do cliente e ganhos de produtividade.

Aquisições de marcas complementares e aceleração do crescimento inorgânico.

Principais fatores de risco

Condições climáticas adversas podem diminuir a demanda por produtos, atrasar as compras por parte dos agricultores ou provocar perda de produtividade nas lavouras, podendo aumentar significativamente a inadimplência dos clientes da Agrogalaxy.

Pragas ou doenças poderão prejudicar as colheitas de clientes, afetando sua capacidade de honrar seus compromissos com a empresa, podendo afetar adversamente seus resultados.

A companhia pode não ser bem-sucedida em sua estratégia e política de concessão de crédito a produtores, o que poderá causar um efeito adverso em seus negócios, em sua situação financeira e em seus resultados operacionais.

A Agrogalaxy pode não ser bem-sucedida nas aquisições de novos negócios, tais como empresas e ativos, fato que poderá causar um efeito adverso nos negócios, em sua situação financeira e em seus resultados operacionais.

A empresa pode ter perdas significativas caso seus clientes não cumpram com as obrigações estabelecidas nas operações de Barter (permuta) firmados com tradings (risco de wash-out).

Sobre o IPO da Agrogalaxy

A Agrogalaxy Participações protocolou pedido de oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em janeiro deste ano.

A empresa deve ser listada no Novo Mercado sob o ticker AGXY3.

No prospecto, a companhia informou que a oferta contará com tranche primária e secundária de ações. Ou seja, os recursos irão tanto para o caixa da empresa (primária) quanto para o bolso dos acionistas (secundária).

Conforme a Agrogalaxy, os recursos serão direcionados para investimentos em capital de giro; reforço da estrutura de capital; investimento em crescimento orgânico e inorgânico; e investimento e modernização das unidades de produção.

Os acionistas vendedores na oferta secundária são os fundos Agrofundo Brasil III (8,52%), Agrofundo Brasil IV (18,15%), Agrofundo Brasil V (27,85%) e Galaxy Agribusiness (7,50%).

No dia 22 de julho a empresa precificou o preço de suas ações. O valor por cada ação saiu por R$ 13,75, piso da faixa indicativa de preço em oferta restrita de ações, destinada apenas a investidores profissionais. A faixa indicativa ia de R$ 13,75 a R$ 16,50.

Assim, a Agrogalaxy soma aumento de capital de R$ 350 milhões. Foram emitidas 25.454.545 ações ordinárias. Mas pode haver ainda lote adicional e suplementar de ações.

As ações começam a ser negociadas na B3 (B3SA3) em 26 de julho.

O capital social da empresa agora é de R$ 838.717.076,95, dividido em 170.824.989 ações.

Em abril, a Agrogalaxy cancelou sua oferta, que previa captar R$ 1 bilhão.

Itaú BBA, J.P. Morgan, UBS BB e ABC são coordenadores da oferta da Agrogalaxy.