AES Tietê (TIET11) projeta investimento de R$ 1,4 bilhão entre 2020 e 2024

Marcia Furlan
Jornalista com mais de 30 anos de experiência. Trabalhou na Editora Abril e Agência Estado, do Grupo Estado, como repórter e editora de Economia, Política, Negócios e Mercado de Capitais. Possui MBA em Mercado de Derivativos pela FIA.
1

Crédito: Pixabay

A AES Tietê, geradora e transmissora de energia, divulgou nesta sexta-feira (28) a sua projeção de investimentos para o período de 2020 a 2024. A empresa informou por meio de fato relevante que planeja investir aproximadamente R$ 1,4 bilhão na modernização e manutenção de seus ativos em operação e na expansão, principalmente para a construção do Complexo Eólico Tucano e desenvolvimento de plantas de geração distribuída.

De acordo com balanço divulgado ontem, a AES Tietê registrou lucro líquido de R$ 105,6 milhões no quarto trimestre de 2019, uma expansão de 0,6% sobre igual período de 2018. O Ebitda somou R$ 285,9 milhões, uma expansão de 6,1% sobre igual período de 2018. Já a receita líquida cresceu 13,1%, para R$ 528 milhões.

No ano de 2019, o lucro líquido avançou 4,2% e somou R$ 300,1 milhões. O Ebitda teve um leve crescimento de 2,3%, para R$ 1,02 bilhão, enquanto a receita líquida subiu 6,6%, para R$ 2 bilhões.