AES Tietê (TIET11) lucra R$ 606,2 mi no 4TRI, salto de 470,9%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução

A AES Tietê (TIET11) registrou um lucro líquido de R$ 602,6 milhões no quarto trimestre de 2020. Os números representam uma alta de 470,9% sobre o mesmo período de 2019.

Já no acumulado de 2020, a Companhia reportou lucro de R$ 848 milhões, contra um lucro de R$ 300 milhões sobre igual período de 2019.

O resultado financeiro líquido foi uma despesa de R$ 190 milhões, 88,1% maior do que a despesa de R$ 101,0 milhões registrada no quarto trimestre de 2019.

Abra agora sua conta na EQI Investimentos e tenha acesso a opções de investimentos de acordo com seu perfil. Invista em suas Escolhas

No acumulado do ano, o resultado financeiro foi uma despesa de R$ 529,7 milhões, 47,9% maior do que a despesa de R$ 358,0 milhões em 2019.

Ebitda dispara 307,1%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 1,16 bilhões no período, um incremento de 307,1% sobre um ano antes.

Segundo a Companhia, esse resultado se deve principalmente ao incremento da margem hídrica líquida.

A margem Ebitda ajustado no trimestre representou 219,2%.

No acumulado do ano, o Ebitda foi de R$ 2,067 bilhões com margem Ebitda atingindo 102,8%.

Receita líquida 

A receita líquida da Companhia atingiu R$ 532,2 milhões no trimestre, um incremento de 3,2% na comparação ano a ano.

Já no acumulado até dezembro de 2020, a AES Tietê registrou uma receita líquida de R$ 2,01 bilhões, alta de 0,6% na comparação o mesmo período do ano anterior.

Caixa e Endividamento da AES Tietê

A dívida bruta consolidada da Companhia encerrou 31 de dezembro de 2020 em R$ 5,3bilhões, 23,6% superior à posição de dívida bruta do mesmo período de 2019 (R$ 4,3 bilhões).

Em 31 de dezembro de 2020, as disponibilidades somavam R$ 2 bilhões, montante superior em 48,7% ao valor registrado em 31 de dezembro de 2019 (R$ 1,4 bilhão).

Desta forma, a dívida líquida consolidada no final do quarto trimestre de 2020 era de R$ 3,2bilhões, montante superior em 11,8% à posição registrada no mesmo período do ano anterior (R$2,9bilhões).

AES Tietê (TIET11) deve pagar dividendo intermediário de R$ 0,0038 por ação ON/PN e R$ 0,0199/unit

A companhia comunicou na noite de quarta (24) que foi aprovada a distribuição de dividendos intermediários correspondente ao montante de R$ 7,94 milhõe, sendo R$ 0,00397941796 por ação ordinária e preferencial, equivalente a R$ 0,01989708980 por cada unit de emissão da Companhia.

O pagamento será realizado em 26 de maio de 2021. A data base para o direito ao recebimento do dividendo será no dia 01 de março de 2021 e as ações passarão a ser negociadas “ex-dividendos” a partir de 02 de março de 2021.

Veja os principais destaques do balanço da AES Tietê (TIET11):