AES Tietê (TIET11) adquire Complexo Eólico Ventus por R$ 650 milhões

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação/ AES Tietê

A AES Tietê (TIET11) concluiu nesta quarta-feira (2) a aquisição das sociedades de propósito específico que compõem o Complexo Eólico Ventus, localizado no Rio Grande do Norte.

O complexo, formado pelos parques Brasventos Eolo, Rei dos Ventos 3 e Miassaba 3, foi adquirido pelo valor de R$ 650 milhões.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Segundo a AES Tietê, o preço de aquisição foi dividido em duas partes: 51% que corresponde a R$ 449 milhões, pagos na data de hoje (2) e 49% pagos após 5 meses, sem atualização monetária.

Além disso, a Companhia assumiu a dívida líquida do Complexo, cujo saldo em 31 de outubro de 2020 era de R$ 183 milhões.

Em operação desde 2014, o Complexo Eólico Ventus possui 187 MW de capacidade instalada e foi comercializado por leilão de reserva por 20 anos.

Com a conclusão da operação, a AES passa a contar com uma capacidade instalada de 3,9 GW do seu portfólio 100% renovável.

“Este Projeto está alinhado à nossa estratégia de crescimento e diversificação e a criação de um novo cluster eólico no Rio Grande do Norte”, destacou a AES.

Veja mais:

Money Week: confira dicas de livros, cursos e de quem seguir nas redes

Inteligência financeira: 10 sugestões de livros de Gustavo Cerbasi

24 livros para inspirar investidores e empreendedores