Contra projeções, setor privado corta 123 mil vagas de trabalho nos EUA

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

O setor privado fechou 123 mil postos de trabalho nos Estados Unidos em dezembro, frustrando a projeção de alta de 88 mil vagas, como previa o mercado.

O resultado foi divulgado nesta quarta-feira (6) pela pequisa ADP/Moody’s, considerada uma prévia do payroll, folha de pagamentos oficial do país.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

Em novembro, foram criadas 307 mil vagas. A queda de dezembro coincide com o novo avanço da Covid-19 no país.

O setor mais atingido pela pandemia segue sendo o de serviços, com perda de 105 mil vagas. A indústria perdeu 18 mil vagas. As grandes empresas respondem por 147 mil postos a menos. Ao passo que as médias perderam 37 mil vagas e as pequenas, 13 mil.

Ao contrário do payroll, que será divulgado na sexta (8), a pesquisa ADP não contabiliza a criação de cargos públicos. São somadas apenas vagas no setor privado não-agrícola.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo

ADP

Reprodução/ADP