Emissões de ações ultrapassam R$ 101 bi em 2020; veja mais notícias

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

O mercado de capitais brasileiro vivencia um verdadeiro boom de oferta pública de ações (IPO, na sigla em inglês) e ofertas subsequentes. De acordo com dados da Anbima, as emissões de ações superaram a marca de R$ 101 bilhões neste ano.

A cifra é R$ 11,4 bilhões superior ao volume registrado no ano passado inteiro, segundo reportagem do Valor Econômico.

No acumulado do ano até novembro foram 25 IPOs contra 5 ao longo do ano passado. Em 2020, a captação via aberturas de capital alcançaram R$ 31,7 bilhões. O valor é 223% superior ao de 2019.

Simule o rendimento de seus investimentos em Renda Fixa e calcule retorno das aplicações

Em termos de volume financeiro de IPOs, este ano já ocupa o segundo lugar entre os melhores anos para as operações. Já em relação a quantidade, 2020 tende a superar 2006, que teve 26 aberturas. O momento atual só perde para 2007, que registrou 64 IPOs e uma captação nominal de R$ 55 bilhões.

Brasil faz retirada gradual de estímulos, diz Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ao Valor que o País está praticando a recomendação do Fundo Monetário Internacional (FMI), reiterada na reunião de ontem do G20, de manter apoio à economia enquanto há a crise de saúde.

“Prorrogamos duas vezes o auxílio emergencial. Renovamos a primeira vez em R$ 600. Depois renovamos novamente até o fim do ano, mas desta vez em R$ 300. Nós já estamos praticando o que eles estão falando. Temos praticado a retirada gradual”, disse Guedes.

O ministro lembrou que a redução do auxílio pela metade ocorreu quando houve redução de casos e mortes, que chegou a bater a marca de mil óbitos diários e caiu para cerca de 300.

Empresas tentam reerguer planos de saúde individual

Segundo reportagem do Valor, a gestão de saúde dos usuários, a rede médica fechada e a telemedicina estão possibilitando o reerguimento de planos de saúde individuais, que pareciam condenados ao desaparecimento.

Isso porque as grandes operadoras do setor vendem apenas planos corporativos, porque não querem se sujeitar ao controle de reajuste de mensalidades imposto nos individuais pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Mas neste ano surgiram dois novos planos: Alice, de ex-executivos da 99 e Dr. Consulta, e Qsaúde, do fundador da Qualicorp, José Seripieri Filho.

G20 apoia amplo acesso global a vacinas contra Covid-19

O países membros do G20 afirmaram que não pouparão esforços para garantir acesso equitativo com preços acessíveis a vacinas, terapias e diagnósticos para todos os povos, e atenuar o peso da dívida das nações mais pobres, conforme informou o Valor.

No G-20, em meio às críticas ao desmatamento no Brasil, o presidente, Jair Bolsonaro, fez ontem (22) um discurso de defesa de sua política ambiental. Bolsonaro criticou as “frases demagógicas” sobre o assunto e afirmou que o governo continuará protegendo a Amazônia, o Pantanal e todos os biomas.

De acordo com Bolsonaro, o Brasil está disposto a firmar novos acordos comerciais com outros países e a assumir “novos e maiores compromissos nas áreas do desenvolvimento e da sustentabilidade”, informou o Estadão.

Rombo da previdência das estatais atinge 24,7 bi

Relatório agregado das empresas estatais federais mostra um rombo na previdência complementar de R$ 24,7 bilhões. No ano passado, os aportes nesses planos somaram R$ 8,1 bilhões. As informações são do Valor.

Além disso, as despesas das estatais com planos de saúde chegaram a R$ 10 bilhões e que algumas concederam reajuste salarial acima da inflação, mesmo em meio à crise. Os pagamentos a diretores podem atingir a R$ 2,7 milhões ao ano.

Renda no campo sobe 37%

A receita proveniente da venda de grãos subiu 37%. O crescimento é fruto da produção recorde de mais de 250 milhões de toneladas, forte demanda externa puxada pela China e outros países asiáticos, preços internacionais da soja e do milho historicamente elevados e, principalmente, a desvalorização de mais de 30% do câmbio em 2020.

De acordo com o Estadão, a venda da safra de grãos deve atingir em 2020 o valor de R$ 347,2 bilhões, o que representaria o maior crescimento desde 2003, quando a alta em relação ao ano anterior foi de 50%.

Cielo (CIEL3) espera aumento no e-commerce e investe em TI

A Cielo projeta que as transações no e-commerce realizadas na Black Friday superem o registrado em 2019, que já foi a data com melhor resultado para o segmento. O presidente da companhia, Paulo Caffarelli, disse ao Valor que o volume capturado via e-commerce cresceu 120% em 12 meses, até outubro — excluindo-se o segmento de turismo e transportes.

Diante disso, a Cielo aumentou em 40% os investimentos em tecnologia neste ano, em comparação com 2019. Os R$ 40 milhões investidos serviram para melhorias da infraestrutura e aumento do processamento das transações, conforme informou reportagem do Valor.

BID injetará US$ 1,2 bi no Brasil em segurança pública

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) fornecerá uma linha de crédito de US$ 1,2 bilhão (R$ 6,4 bilhões) para financiar programas de Segurança Pública e Cidadania no Brasil, conforme informou o jornal Estadão.

O estado do Espírito Santo será o primeiro a receber recursos da iniciativa, com o objetivo de adotar um modelo de controle de risco da reincidência criminal, mapeando o perfil de cada detento e, assim, diminuir em mais de 50% a chance de ele voltar a delinquir ao sair da prisão.

Governo deseja privatizar transposição do São Francisco em 2021

O governo Bolsonaro deve entregar a transposição do rio São Francisco à iniciativa privada no próximo ano. O governo planeja fazer o leilão de concessão em julho de 2021.

Atualização Covid-19

O Brasil teve 194 óbitos confirmados por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de vítimas a 169.183. Os novos casos positivados foram 18.615, de um total de 6.071.401 milhões.

Leia Mais

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.