BNP Paribas indica ações asiáticas para comprar em meio ao coronavírus

Rebeca Torres
null

Crédito: Reprodução / Creative Commons

Setores como o de viagens e turismo, de consumo discricionário e manufatura que estão intimamente ligados à produção chinesa foram os mais atingidos pela epidemia do coronavírus, escreveram analistas do Banco BNP Paribas em um relatório divulgado na sexta-feira (21), fazendo com que ações asiáticas para compras fossem nomeadas pelo banco. As informações são do portal CNBC.

Desse modo, quanto mais os consumidores optam por fazer suas compras sem sair de casa, mais o mercado do varejo online se beneficia, segundo os analistas.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

E, com algumas economias asiáticas sendo menos expostas às potenciais consequências econômicas da China, isso as torna um mercado seguro para se investir agora, disseram os analistas, acrescentando ainda que “a Índia é o primeiro país a fazer isso e que vem à mente no momento”.

A partir daí, o BNP Paribas identificou os setores e ações asiáticas que são considerados mais “seguros” para se investir agora e depois do surto da doença. Isso porque, a disseminação global do novo coronavírus mostrou poucos sinais de redução, com muitos analistas alertando que o impacto sobre as economias em todo o mundo pode ser mais grave do que esperado atualmente.

“Acreditamos que é muito cedo para acabar com a turbulência do mercado decorrente do surto de COVID-19”, escreveram os analistas do BNP Paribas, o maior banco da França, no relatório divulgado na sexta-feira (21).

Surgimento da doença

O novo coronavírus, que se acredita ter emergido da cidade chinesa de Wuhan, na província de Hubei, foi recentemente nomeado de COVID-19, pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

O banco disse, ainda, que, embora “a verdadeira extensão do estresse na economia chinesa esteja apenas começando a se emergir”, o grau em que a China está economicamente ligada ao resto da Ásia indica que “todos os mercados asiáticos podem sofrer, alguns um pouco mais, outros menos”, sendo esse o momento certo para se comprar ações.

Setores e estoques “seguros” para se comprar agora

Aqui estão os setores e ações que o BNP Paribas identificou como seguros para se investir agora:

Internet chinesa: Tencent, Alibaba, Baidu e JD.com

Educação chinesa: China Education Group

TI indiano: Infosys, HCL Tech

Telecom indiano: Bharti Airtel

Produtos básicos de consumo indianos: Marico Industries

Setores e estoques a serem comprados durante a recuperação

Estes são os setores e ações que o BNP Paribas disse que poderiam se recuperar após o surto da doença:

Consumidor chinês discricionário: Jiangsu Yanghe Brewery, Anta Sports, Brilliance China, Midea Group, Sands China, MGM China

Energia chinesa: CNOOC

Tecnologia coreana: Samsung Eletronics, SK Hynix,

Tecnologia de Taiwan: TSMC, Hon Hai, Precisão Largan

Com isso, “esperamos que o consumo chinês se recupere rapidamente. O turismo pode não ser tão demorado, já que as mudanças no comportamento do consumidor, especialmente onde ele pode potencialmente expôr alguém à infecção, podem demorar muito mais”, disseram os analistas.

Concluíram o relatório acrescentando que, à medida que os fabricantes na China retomarem as operações, as preocupações com interrupções na produção “diminuirão rapidamente”. Essas são boas notícias para economias e empresas regionais que estão intimamente ligadas à produção da China.

Lembrando que o relatório do BNP foi divulgado na sexta-feira (21), antes da Coréia do Sul elevar o alerta sobre a doença ao seu nível mais alto no fim de semana. O número de casos na manhã de sexta-feira (21) que era de 204, triplicou para 763 nesta manhã de segunda-feira (24).

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo