Abinee: produção eletroeletrônica avança 19,9% em junho

Marcello Sigwalt
null

Crédito: Site Bahia-Ba

Pelo segundo mês consecutivo – e após três quedas sucessivas – a produção do setor eletroeletrônico reforça a tendência de recuperação da economia.

Ela avançou 19,9% em junho, em comparação com o mês anterior, já descontados os efeitos sazonais.

A informação foi divulgada nesta terça-feira (4) pela Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), segundo o Estadão.

Fornecedor falha

De acordo com o presidente da entidade, Humberto Barbato, desde fevereiro a produção do setor se ressentia da falta de materiais, componentes e insumos da China.

“As medidas de isolamento social impactaram a produção industrial a partir de meados de março, contaminando abril inteiro”, comenta Barbato.

Retomada em maio

A partir de maio, continua o dirigente, algumas unidades industriais retomaram atividade, o que se refletiu no crescimento da produção nos meses seguintes.

Ao indicar que abril foi o pior mês da pandemia, o presidente da Abinee entende que “os resultados mais favoráveis verificados em maio e junho, é possível afirmar que o pior já passou”.

Incerteza persiste

Por fim, Barbato admite que “persistem as incertezas quanto à evolução do coronavírus, o que leva a um ambiente de cautela”.