Ambev (ABEV3) e Totvs (TOTS3) sobem após balanço; GPA (PCAR3) e Taesa (TAEE11) recuam

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

As ações da Ambev (ABEV3) são destaque do Ibovespa na sessão desta quinta-feira (6). Ambev (ABEV3) registrou lucro líquido de R$ 2,73 bilhões no primeiro trimestre de 2021, aumento de 125,7% em relação ao mesmo período de 2020.

Por volta das 10h45, Ambev (ABEV3) registrava alta de 7,67%.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

Já a Totvs (TOTS3) avançava 3,75%. A Totvs (TOTS3) registrou lucro líquido de R$ 80,6 milhões no primeiro trimestre de 2021, crescimento de 31,1% em relação ao mesmo período de 2020.

A ação da Sabesp sobe 3,97%.

As ações da CSN (CSNA3) sobem 1,60%. Já Gerdau (GGBR4) sobe 1,60%

Ibovespa opera em alta de 0,18%, aos 119.775,25 pontos.

Maiores baixas do Ibovespa

As ações da GPA (PCAR3) recuam 3,81% e são a maior baixa do ibovespa na sessão de hoje. O GPA (PCAR3) saiu de prejuízo no primeiro trimestre de 2020 para um lucro de R$ 113 milhões no primeiro trimestre de 2021.

O Carrefour (CRFB3) cai 2,03%.

Os papéis da Taesa (TAEE11) recuam 1,75%. A Taesa (TAEE11) registrou lucro líquido de R$ 555,9 milhões no primeiro trimestre de 2021, crescimento de 42,1% em relação ao mesmo período de 2020.

Já as ações da Hypera (HYPE3) caem 1,58%.

Mais destaques

Os bancos operam mistos. O Banco do Brasil (BBAS3) sobe 0,14%, Bradesco (BBDC4) +0,04%, Itaú Unibanco PN (ITUB4) +0,18% e  Santander (SANB11) -0,77%.

Bradesco (BBDC4) comunicou nesta quinta-feira a meta de direcionar R$ 250 bilhões para ativos de impacto socioambiental até 2025.

Já as ações da Petrobras (PETR3 PETR4) caem 0,51% e 0,50%, respectivamente.

As ações da Vale (VALE3) avançam 0,90%, impulsionada pela alta do minério de ferro.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3