Mercados globais em alta, com retomada dos testes de vacina

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

Os mercados globais estão todos em alta nesta segunda-feira (14), repercutindo a retomada da fase 3 de testes da vacina contra o coronavírus da AstraZeneca/Universidade de Oxford, depois de uma pausa por questões de segurança.

Possíveis efeitos adversos foram notados em um paciente do Reino Unido, mas ficou comprovado que não tinham relação com a vacina.

Nos EUA, também repercute a compra da empresa britânica Arm Holdings pela norte-americana de chips Nvidia. Quem vende é o SoftBank, do Japão, que deve ficar com parte dos pagamentos em dinheiro e parte em ações da Nvidia. Operação vai criar gigante dos semicondutores, mas ainda precisa de aprovação regulatória.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

Reuniões dos bancos centrais no radar

Os principais destaques da semana acontecem na quarta-feira (16), quando tem reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil e do Federal Open Market Committee (Fomc), do Federal Reserve norte-americano.

Hoje sai a prévia do Produto Interno Bruto (PIB) de julho, através do Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br). A projeção é de crescimento de 3,4%, ante 4,89% de junho e 1,31% de maio. Em abril, pior mês da pandemia no Brasil, houve queda de 9,73% do indicador.

Confira aqui a agenda completa da semana.

Veja as cotações às 5h32:

Mercados Nova York

  • S&P: +1,42%
  • Nasdaq: +1,82%
  • Dow Jones: +1,14%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: +0,47%
  • FTSE, Reino Unido: +0,33%
  • CAC, França: +0,70%
  • FTSE MIB, Itália: +0,13%
  • Stoxx 600: +0,42%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: +0,65%
  • Xangai, China: +0,57%
  • HSI, Hong Kong: +0,56%
  • ASX 200, Austrália: +0,68%
  • Kospi, Coreia: +1,30%

Petróleo

  • WTI (outubro 2020): US$ 37,16 (-0,46%)
  • Brent (novembro 2020): US$ 39,61 (-0,55%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2020): US$ 1.954 a onça-troy (0,32%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian, China: US$ 124,36 (+2,41%)