Ibovespa opera em queda, NY segue mista, à espera de ata do Fomc

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: ibovespa

Ibovespa opera em queda de 0,88%, aos 116.867 pontos, às 11h20.

O dia é de agenda fraca no Brasil. Ontem (17), a votação da reforma do imposto de renda foi novamente adiada pela Câmara dos Deputados, para a próxima semana. Um dos impasses no projeto é sobre a tributação dos dividendos – prevista para ser de 20%, mas que pode ser escalonada.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O relator propôs que a alíquota de 20% passe a valer a partir do próximo ano. Alguns deputados defendem que a tributação de lucros e dividendos tenha a alíquota de 10% em 2022 e passe para 20% em 2023.

Ontem ainda, o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou ontem que a autoridade monetária perseguirá a meta de inflação e fará “o que for preciso” para isso, tranquilizando parcialmente o mercado.

Em depoimento à CPI da Pandemia do Senado, o auditor do Tribunal de Contas da União (TCU), Alexandre Marques, explicou que redigiu um documento preliminar sobre a superestimação dos dados de mortes pelo novo coronavírus no país, sem timbre ou cabeçalho do tribunal. Disse ainda que o documento foi alterado, sem seu conhecimento.

Por fim, o STF confirmou para 25 de agosto a retomada do julgamento sobre a independência do Banco Central. PT e PSOL alegam que a lei é inconstitucional.

Destaques no Exterior

O destaque desta quarta é a ata da última reunião do Fomc, comitê de política monetária do Federal Reserve (Fed), que sai à tarde. A expectativa é por alguma sinalização do tapering (retirada de estímulos) ou de quando a alta dos juros vem.

Paralelamente, o mundo acompanha os desdobramentos da variante delta, que ameaça o ritmo de retomada das economias, e a tensão geopolítica que se apresenta com a retomada do Afeganistão pelo talibã.

Na Europa, a inflação ao consumidor recuou 0,1% em julho, com alta de 2,2% na comparação anual. Já no Reino Unido, não houve variação do Índice de Preços ao Consumidor (IPC) em julho. Na comparação anual, a alta é de 2%.

Veja as cotações às 11h20:

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo

Mercados de Nova York

  • Dow Jones: -0,04%
  • S&P: +0,10%
  • Nasdaq: +0,17%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: +0,01%
  • FTSE, Reino Unido: -0,33%
  • CAC, França: -0,79%
  • FTSE MIB, Itália: +0,40%
  • Stoxx 600: +0,05%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: +0,59%
  • Xangai, China: +1,11%
  • HSI, Hong Kong: +0,47%
  • ASX 200, Austrália: -0,12%
  • Kospi, Coreia: +0,50%

Petróleo

  • Brent (outubro 2021): US$ 69,80 (+1,12%)
  • WTI (outubro 2021): US$ 67,25 (+0,99%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2021): US$ 1.790,90 (+0,17%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian: US$ 125,44 (-3,73%)