Bolsa de valores passa a operar em alta

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/B3

A bolsa de valores inverteu o sinal no início de tarde desta quarta-feira (16), e operava, às 17h, com alta de 1,64%, aos 117.936,16 pontos.

Mais cedo, a FGV divulgou o monitor do PIB apontando para alta de 0,6% em outubro em relação a setembro e queda de 2,70% em relação a outubro de 2019.

O Congresso deve votar hoje a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2021. A equipe econômica fixou a meta fiscal em R$ 247,1 bilhões

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

Na quinta (17) vai à votação uma medida provisória sobre vacinação, que deve incluir a compra pelo governo federal de todo imunizante aprovado pela Anvisa. Mas que deve excluir a exigência de que as pessoas que quiserem se vacinar contra a covid-19 assinem um termo de responsabilidade, como queria o presidente Jair Bolsonaro.

Pesquisa CNI Ibope divulgada há pouco, com base em 2 mil entrevistas entre 5 e 8 de dezembro, mostrou que a aprovação ao governo Bolsonaro caiu de 40% para 35% (ótimo e bom) enquanto a desaprovação (ruim ou péssimo) passou de 29% para 33% no intervalo de três meses.

Exterior

Os mercados globais operam mistos, acompanhando o avanço da vacinação e uma maior chance de aprovação do pacote fiscal dos Estados Unidos.

O novo pacote dos congressistas prevê US$ 748 bilhões em gastos com programas sociais, incluindo US$ 300 por semana para os desempregados e outros US$ 300 bilhões para mais empréstimos a empresas. Uma segunda conta de US$ 160 bilhões incluiria ajuda financeira aos governos estaduais e locais.

O líder da maioria no Senado, Mitch McConnell, disse que manterá os legisladores em Washington até que um acordo seja fechado.

Hoje as atenções estão voltadas para a reunião do Federal Reserve (Fed), reforçou que os juros se mantém perto de zero até 2023 e que o banco central segue com o compromisso de manter estímulos monetários, o que favorece os mercados emergentes com a liquidez.

Amanhã (17), o FDA, agência de vigilância sanitária dos EUA, deve dar seu parecer sobre a aprovação de uso emergencial da vacina da Moderna, que se somará à vacinação que já acontece com o imunizante da Pfizer.

Esperanças também quanto a um acordo para o Brexit até domingo (20). Michel Barnier, que lidera a equipe da União Europeia nas negociações, disse que pode haver um caminho, se os dois lados conseguirem superar “diferenças significativas”.

Na Alemanha, começa hoje um lockdown de um mês. O Natal, que a princípio seria de relaxamento nas medidas restritivas para alemães, italianos e holandeses, não será mais, com a escalada da Covid-19. Os demais países da Europa também estudam novas medidas para as festas de fim de ano.

Índice dos gerentes de compras

Hoje é dia de divulgação do PMI, índice dos gerentes de compras, calculado pela IHS Markit. No Japão, o PMI industrial ficou em 49,7 pontos, acima da projeção de 48,9 e do resultado de novembro (49). O PMI de serviços ficou em 47,2, ante 47,8 de novembro.

Na zona do euro, o PMI industrial ficou em 55,5, ante 53,8 do mês passado e projeção de 53. O PMI de serviços ficou em 47,3, contra projeção de 41,9 e 41,7 de novembro. O PMI composto, que inclui indústria e serviços, ficou em 49,8, ante projeção de 45,8 e 45,3 de novembro.

Veja as cotações às 17h20:

Mercados Nova York

  • S&P: +0,39%
  • Nasdaq: +0,62%
  • Dow Jones: -0,03%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: +1,52%
  • FTSE, Reino Unido: +0,88%
  • CAC, França: +0,31%
  • FTSE MIB, Itália: +0,23%
  • Stoxx 600: +0,82%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: +0,26%
  • Xangai, China: -0,01%
  • HSI, Hong Kong: +0,97%
  • ASX 200, Austrália: +0,72%
  • Kospi, Coreia: +0,54%

Petróleo

  • Brent (fevereiro 2021): US$ 50,93 (+0,33%)
  • WTI (janeiro 2021): US$ 47,69 (+0,15%)

Ouro

  • Ouro futuro (fevereiro 2021): US$ 1.857,60 a onça-troy (+0,12%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian, China: US$ 154,42 (+2,96%)