Mercados futuros estão em alta; Fomc e Copom são destaques

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

Os mercados futuros de Nova York operam em alta na manhã desta terça-feira (15), sinalizando uma continuidade ao ganhos de ontem, quando Nasdaq fechou com alta de 1,87%. No Brasil, a alta foi de 1,94%.

O destaque de hoje é o início da reunião de dois dias do Federal Open Market Committee (Fomc), do Federal Reserve norte-americano, e também do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do Brasil. Em ambos os casos não são aguardadas mudanças quanto aos juros, mas sim sinalizações de até quando eles se mantêm em patamares baixos.

Hoje nos EUA tem dois indicadores de produção industrial: a produção mensal medida pelo Federal Reserve e o Índice Empire State, do Fed de Nova York.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Na Ásia, a China reportou ontem à noite aumento de 0,5% nas vendas no varejo e de 5,6% na produção industrial de agosto, na comparação com o mesmo mês do ano anterior. A informação é do National Bureau of Statistics.

Veja as cotações às 5h30

Mercados Nova York

  • S&P: +0,30%
  • Nasdaq: +0,46%
  • Dow Jones: +0,25%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: -0,41%
  • FTSE, Reino Unido: +0,08%
  • CAC, França: -0,30%
  • FTSE MIB: -0,36%
  • Stoxx 600: +0,01%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: -0,44%
  • Xangai, China: +0,51%
  • HSI, Hong Kong: +0,38%
  • ASX 200, Austrália: -0,08%
  • Kospi, Coreia: +0,65%

Petróleo

  • WTI (outubro 2020): US$ 37,41 (+0,40%)
  • Brent (novembro 2020): US$ 39,75 (+0,35%)

Ouro

  • Ouro futuro (dezembro 2020): US$ 1.972 a onça-troy (+0,43%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian, China: US$ 122,16 (-1,78%)