Ibovespa opera em alta; Nova York dispara após indicadores

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.
1

Crédito: Reprodução/B3

O Ibovespa registra alta de 0,79%, aos 120.654 pontos na manhã desta quinta-feira (13), acompanhando o humor de Nova York, que melhorou após a divulgação dos pedidos de seguro-desemprego e do Índice de Preços ao Produtor (IPP).

O Banco Central divulgou nesta quinta-feira (13) o IBC-Br, Índice de atividade econômica considerado uma prévia do Produto Interno Bruto (PIB).

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, saiba quais são as melhores atitudes e aplicações para multiplicá-lo

Em março, o indicador recuou 1,59%, resultado bem melhor do que a queda de 3,3% projetada pelo mercado. Na comparação anual, com março de 2020, o índice subiu 6,26%, também acima da projeção de 5,9%. No trimestre, há avanço de 2,3%. E, em 12 meses, queda de 3,37%.

O IBC-Br sinaliza mensalmente como será o desempenho do primeiro trimestre da economia brasileira – o dado oficial é divulgado trimestralmente pelo IBGE.

Cabe ressaltar que o mês de março registrou um novo lockdown. E, como mostram os dados do IBC-Br e também da última pesquisa do varejo, o impacto na atividade do país foi menor do que o aguardado pelo mercado.

A FGV também divulga seu antecedente de emprego.

No campo político, hoje a CPI da Covid ouve o ex-presidente da Pfizer no Brasil Carlos Murillo. O depoimento do ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo também aconteceria hoje, mas foi adiado para dia 18. Ontem (12), o ex-secretário de Comunicação Fabio Wajngarten quase saiu preso do depoimento, acusado de mentir em suas respostas à Comissão Parlamentar de Inquérito.

Ocorre ainda hoje a sequência do julgamento no Supremo Tribunal Federal sobre a data do início da exclusão do ICMS na base de cálculo do PIS/Cofins.

Segue também a temporada de balanços, com resultados do primeiro trimestre de Petrobras (PETR3 PETR4), Anima Educação (ANIM3), Arezzo & Co (ARZZ3), Lojas Renner (LREN3), Grupo Soma (SOMA3), CCR (CCRO3), Ecorodovias (ECOR3), Cury (CURY3), Cyrela (CYRE3), EzTec (EZTC3), Lavvi (LAVV3), Melnick (MELK3), Plano&Plano (PLPL3), MAHLE-Metal Leve (LEVE3), Randon (RAPT4), Unipar Carbocloro (UNIP6), Hidrovias do Brasil (HBSA3), Rumo (RAIL3), Bradespar (BRAP4), Ferbasa (FESA4), Oceanpact (OPCT3), IRB Brasil (IRBR3), Sanepar (SAPR4), Alliar (AALR3), Eletromidia (ELMD3) e C&A (CEAB3).

Mercados do exterior

Depois de um início no negativo, os futuros de Nova York agora têm alta.

Os pedidos iniciais por seguro-desemprego nos Estados Unidos vieram abaixo de 500 mil na semana. O resultado divulgado nesta quinta-feira (13) pelo Departamento do Trabalho aponta 473 mil reivindicações, ante 490 mil projetadas pelo mercado.

Na semana passada, havia sido comemorada a marca abaixo de 500 mil pedidos pela primeira vez desde o início da pandemia, com o registro de 498 mil pedidos. No entanto, esta semana o número foi corrigido para 507 mil.

Os dados sobre o emprego nos EUA são acompanhados com especial atenção, porque os números acima da expectativa reforçam a tese de que a economia se recupera rapidamente e que o Federal Reserve (Fed), banco central americano, pode ser forçado a subir os juros mais cedo do que o anunciado (2023) para conter a inflação. Também dão argumentos aos que criticam os projetos de US$ 4 trilhões de Joe Biden, já que tal valor seria excessivo em um cenário de retomada.

O Índice de Preços ao Produtor (IPP) dos Estados Unidos subiu 0,6% em abril, informa o Departamento de Trabalho nesta quinta-feira (13). A previsão do mercado era de alta de 0,3% em abril.

O núcleo de preços, que exclui alimentos e combustíveis, subiu 4,6% em 12 meses. Este é o maior avanço já registrado desde que o indicador passou a ser monitorado, em novembro de 2010.

Até aqui, os representantes do Fed defendem que a alta inflacionária já era esperada, em um cenário de retomada e forte demanda por commodities.

Ontem (12), o líder do Partido Republicano no Congresso, Kevin McCarthy, afirmou que aceita negociar os planos de infraestrutura e às famílias de Joe Biden, desde que o valor dos mesmos seja reduzido e que não ocorra revisão dos cortes de impostos aprovados pelo ex-presidente Donald Trump em 2017.

Destaque ainda para o recuo no preço das commodities esta manhã, especialmente o minério de ferro, que recua mais de 7% na Bolsa de Dalian, depois de altas recordes na semana.

Veja as cotações às 12h20:

Mercados Nova York

  • S&P: +1,26%
  • Nasdaq: +0,97%
  • Dow Jones: +1,37%

Mercados Europa

  • DAX, Alemanha: +0,49%
  • FTSE, Reino Unido: -0,40%
  • CAC, França: +0,33%
  • FTSE MIB, Itália: +0,38%
  • Stoxx 600: +0,00%

Mercados Ásia

  • Nikkei, Japão: -2,49%
  • Xangai, China: -0,96%
  • HSI, Hong Kong: -1,81%
  • ASX 200, Australia: -0,88%
  • Kospi, Coreia: -1,25%

Petróleo

  • Brent (junho 2021): US$ 67,34 (-2,86%)
  • WTI (maio 2021): US$ 63,91 (-3,28%)

Ouro

  • Ouro futuro (junho 2021): US$ 1.823,90 (+0,06%)

Minério de ferro

  • Bolsa de Dalian: US$ 188,49 (-7,49%)

 

Estude e compare seus investimentos em FIIs

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado