CDI: Certificado de Depósito Interbancário

A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

Por que a Maioria dos Investidores Pensam Seus Investimentos de Forma Errada?

Avalie este artigo!

Uma mentira dita muitas vezes…

Em nossas palestras e bate-papos, tenho notado uma preocupante confusão em boa parte dos investidores: A obsessiva busca pelo maior percentual do CDI.

Muitas vezes assumimos que determinada história ou tese seja verdadeira, simplesmente pela repetição com que ouvimos no dia a dia.

Na bíblia, o livro Gênesis menciona:

comeram a mac3a7c3a3 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

“… mas do fruto da Árvore que está no meio do jardim disse Deus: ‘Não comereis dele’… “

Agora leia mais uma vez e responda: Baseado nesta passagem, por que todo mundo acha que Adão e Eva comeram uma maçã, se a origem da história trata apenas de um fruto?

A Terra é plana…

As pessoas que viviam há 500 anos atrás, pensavam que a terra era plana, imóvel e centro do universo. Acreditavam também que o Sol se movia em torno dela.

maxresdefault - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

Não tenho a pretensão de ser um Nicolau Copérnico dos investimentos, mas o intuito deste artigo é fazer você repensar a tese de que o melhor investimento é aquele que rende o maior percentual do CDI.

Antes que você comece a duvidar de minha sanidade mental ou me acuse de heresia, te convido a ler este artigo com bastante atenção. Lembre-se:

einstein - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

As teorias de Copérnico só foram aceitas pela Igreja mais de um século depois da sua morte, eu espero que minha abordagem seja mais eficiente…

O que REALMENTE importa na Hora de Escolher um Investimento?

Te convido a voltarmos até o ano de 2015. Nossa taxa SELIC oscilou ao longo do ano, entre 12,25% e 14,25% com a inflação fechando em 10,67%

Se na época tínhamos um CDB pagando 120% do CDI, ganhávamos 17,1%

Descontando o IR de 15%, sobrariam 14,53%.

Mas não podemos esquecer da inflação!

… bom, a inflação comia10,67% de nosso investimento, e nos sobravam míseros… 3,86%
2015

Você pode assistir a um vídeo deste artigo, em nosso canal no Youtube

CDI: A Obsessiva Busca pelo Maior Percentual

Nossas palestras Melhor Investimento 2014, 2015, 2016 e 2017, já foram assistidas por mais de 500.000 pessoas, garanto que você não vai se arrepender.

Viagem no tempo até 2017…

Agora temos uma SELIC de 9,25%

E temos CDBs de 115% do CDI para dois anos… ( e todo mundo reclama!)

Mas 115% do CDI é igual a 10,63%… descontando o IR teremos 9,03%

Agora, descontando a inflação de 3,77%, temos no fim, um rendimento de… 5,26%, ou seja: Superior à rentabilidade de 2015.

2017

O Resultado final das duas contas, é o juro real. Juro real é o resultado da diferença entre a taxa que o investidor recebe nas aplicações financeiras e a inflação.

“Eis o mistério da fé”: O juro real é muito mais importante do que o percentual do CDI!

Uma breve explicação sobre a Taxa SELIC

Em resumo, a SELIC é a taxa de juros que o governo paga para quem lhe empresta dinheiro.

Basicamente, o governo precisa pegar dinheiro emprestado por duas razões:

• Para financiar o seu déficit, ou seja, a diferença entre a Arrecadação de Impostos e a soma de seus custos mais os juros da dívida.

Quando o custo para manter a máquina pública, somado aos juros dos empréstimos tomados anteriormente é maior que a arrecadação, o governo tem que pegar dinheiro extra emprestado e é exatamente isso o que tem acontecido nos últimos 20 anos.

• Quando temos uma inflação crescente, o governo estimula os investidores a guardar dinheiro (tirando da economia) investindo em Títulos do Tesouro.

Para o Governo, quem investe dinheiro não gasta em compras excessivas. Essas compras em excesso, por parte da população ou por parte do governo geram inflação. Saiba mais sobre Inflação, clicando aqui.

Histórico do Juro Real

Agora, vamos fazer uma análise dos indicadores nós últimos 5 anos, para chegarmos ao Juro Real do mesmo período.

2013

A ano de 2013 foi emblemático para o entendimento da nossa explicação. Abrindo o ano com a SELIC em 7,25% (o menor índice já registrado na história) o COPOM interrompeu ainda no primeiro semestre, o movimento de queda da SELIC, iniciado em 2011 (onde a taxa chegou em 12,5%).


Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil


A justificativa foi a mesma de sempre: Conter o aumento da inflação.

2013 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

O Brasil historicamente gasta mais do que arrecada. Como explicamos acima, sempre que isso ocorre, o governo passa a emitir mais títulos públicos no mercado, para tentar equilibrar as contas e diminuir o déficit.

Uma Selic baixa, faz aumentar o consumo por parte das famílias e aumenta a facilidade de crédito. Esta quantidade de dinheiro circulando por consequência, faz com que os preços aumentem, gerando inflação.

Portanto para começar bem seus investimentos, comece pelo Teste de Perfil: Teste de Perfil

Na média, 2013 registrou uma SELIC de 8,37% e a inflação fechou o ano em 5,91%. Sendo assim, o juro real foi de apenas 2,46%.

2014

2014 1 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

Em 2014 (ano de eleições), e equipe econômica seguiu com a política de aumento da SELIC, registrando uma média de 11,03% ao longo do ano. A justificativa, você ja deve imaginar…

2014 2 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

A inflação fechou o ano em 6,41% deixando o Juro Real em 4,62%.

2015

Com o aumento cada vez mais crescente do gasto público, a SELIC disparou em 2015, chegando a 14,25% no segundo semestre, trazendo a média do ano para 13,68%.

No entanto, nem a maior taxa registrada nos últimos 10 anos foi capaz de conter a inflação, que fechou o ano em 10,67%.

2015 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

Com isso o Juro Real ficou em 3,01% ao longo do ano.

2016

O ano de 2016 ficou marcado pelo “fechamento da curva” da taxa SELIC. No primeiro semestre (mais precisamente até agosto) a taxa seguiu estagnada nos 14,25%

2016 1 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

Na antepenúltima reunião do ano, o COPOM (apostando numa retomada da economia) anunciou a tendência (que futuramente veio a se confirmar) de cortes graduais e moderados na SELIC.

2016 2 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

Na média, a SELIC ficou em 14,15% com a inflação fechando em 6,29%. Com o juro real apresentando interessantíssimos 7,86%.

2017

Como previsto pelo COPOM, o ano de 2017 tem sido marcado pela diminuição gradual na taxa SELIC, com uma inflação mantida sob controle e dentro da meta.

Hoje, enquanto escrevo este artigo, a SELIC média está em 11,96%, devendo fechar o ano, na casa de 8,5% a 8%. A estimativa da inflação até o momento, está em torno de 3,8%. Por hora, o juro real está em 8,16%.

Abaixo uma imagem que resume o comportamento dos indicadores econômicos e do juro real, a partir de 2013.

13d59913 b4eb 472e 9236 fdd5313508e7 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

Ciclos e Cobertor Curto

A promessa da equipe econômica é encerrar 2017 com a SELIC entre 8,5% e 8%. Note que voltaríamos aos patamares de 2013. Como abordado ao longo do artigo, se isto vier a se confirmar…

Espera-se que por consequência desta SELIC baixa, a médio e longo prazo, se injete mais dinheiro e otimismo de crédito no mercado. Se você leu com atenção o que foi dito até aqui, pode imaginar o que vem em seguida: Aumento da inflação.

É verdade também que vivemos um período de indefinição no cenário político e que em 2018 teremos novas eleições. No entanto, o atraso na aprovação das reformas mais importantes (no sentido de impacto no gasto público) não assinalam um horizonte otimista em relação ao déficit.

Feet 1 900x600 - A Obsessiva Busca Pelo Maior % do CDI

E quando o déficit ficar insustentável, também sabemos qual a primeira medida a ser tomada…

Qualquer semelhança com a história do cobertor curto, não é mera coincidência.

Resumindo

Fazer um bom investimento, vai muito além de perseguir um percentual ou uma receita de bolo. Deve-se analisar sempre todos os indicadores econômicos e estar atento ao comportamento do mercado, bem como sua projeção futura.

Por isso é tão importante o papel de um assessor de investimentos, não só para montar uma carteira de alocação dos seus investimentos, mas para lhe explicar estes importantes conceitos que, como podemos ver ao longo do artigo, fazem toda a diferença!

Siga-nos no Facebook e receba as atualizações do Blog:

Filipe Teixeira

Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.

É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.

Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com
Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585
Instagram: filipe_st

Artigos Relacionados

Close