Petrobras (PETR4): para presidente, economia está saindo do fundo do poço

Marcelo Hailer Sanchez
Jornalista, Doutor em Ciências Sociais (PUC-SP) e Mestre em Comunicação e Semiótica (PUC-SP). Pesquisador em Inanna (NIP-PUC-SP). Trabalhei nas redações do Mix Brasil, Revista Junior, Revista A Capa e Revista Fórum. Também tenho trabalhos publicados no Observatório da Imprensa e revista Caros Amigos. Sou co-autor do livro "O rosa, o azul e as mil cores do arco-íris: Gêneros, corpos e sexualidades na formação docente" (AnnaBlume).

Crédito: Agência Petrobras - Presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que o preço do petróleo, desde maio, vem se recuperando.

Todavia, destacou que o mesmo deve permanecer baixo.

Castello Branco, contudo, ressaltou que o consumo de petróleo mostra que a economia brasileira “está saindo do fundo de poço”, durante live do jornal Valor.

Participe do maior evento de investimentos da América Latina

O presidente também destacou o fato de a Shell ter anunciado o rebaixamento de seu preço, movimento que a Petrobras já havia feito.

Também afirmou que uma nova baixa de ativos é “muito improvável”, mas ressaltou que no momento atual tudo é “muito incerto”.

Petrobras

Política de preços

A respeito da política de preços, Castelo Branco defendeu a atual. “Seguimos o padrão internacional, é uma política da companhia”.

Do contrário, Castelo Branco acredita que “se desvincular dessa regra traz custos significativos pra Petrobras”.
Commmodities

Branco reforçou que o petróleo “é uma commodities global, não tem como desvincular” do mercado internacional.
Posteriormente, falou sobre o não repasse da baixa de preço ao consumidor final.

“Lamentamos que o rebaixamento pra baixo não foi repassado para o consumidor. A Petrobras não é a vilã”.

preço dos combustíveis

Propostas vinculantes

Durante a live, Castello Branco também afirmou que está feliz com as propostas para a Refinaria Landulpho Alves (Bahia).

Dessa maneira, a próxima oferta vinculante será à Refinaria Presidente Getúlio Vargas, no Paraná.

Todavia, Castello Branco não revelou números, mas reforçou que as propostas são “animadoras”.

Venda da Gaspetro

Branco afirmou que a venda da Gaspetro deve acontecer ainda este ano e que se encontra na seleção do vencedor das propostas vinculantes.

Petrobras (PETR4)

Mercado de capitais

O marco regulatório do saneamento foi comentado por Castello Branco como uma oportunidade de atrair capital estrangeiro.

Poro fim, Branco acredita que toda a economia pode ser beneficiada com a nova política de saneamento.

Dívida e PIB

“Tudo o que nós precisamos é da redução entre dívida e PIB e investimentos que aumentem a produtividade da economia brasileira”, disse Branco.

Dessa maneira, o presidente da Petrobras disse que a recuperação da Petrobras não vai ser em V ou U.

“Temos como objetivo recuperação em forma de J: queremos estar bem melhores lá na frente, antes da pandemia (acabar)”.

Pós-pandemia

Roberto Castello Branco afirmou que o planejamento da companhia não sofreu alterações por conta da pandemia.

“Nossa estratégia não foi alterada pela pandemia”, disse.

“Seguiremos com a descarbonização das nossas operações. E o segundo foco em pesquisa, isso não alterou e vai ter continuidade”.

Por fim, declarou que o principal acionista da companhia é o povo brasileiro e que o “sucesso da Petrobras contribui para o crescimento da economia”.

“O nosso principal acionista é a sociedade brasileira e os 700 mil acionistas privados”, disse.

 

  • Confira os melhores investimentos em 2020