3R Pretroleum (RRRP3) aprova parceria com DBO; Espaço Laser (ESPA3) compra empresa chilena

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A 3R Pretroleum (RRRP3) comunicou nesta terça-feira (11) que o Conselho de Administração aprovou a formalização da parceria com a DBO 2.0 S.A. para capitalizar conjuntamente a 3R Petroleum Offshore S.A., nova denominação da OP Energia Ltda., e somar esforços para buscar oportunidades de aquisição de ativos offshore em fase de desenvolvimento ou em produção no Brasil.

A 3R Offshore é uma subsidiária do Grupo 3R, que está apta a ser Operador A de acordo com os requisitos estabelecidos pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, e apta a operar blocos e concessões em terra e em mar, inclusive em águas ultra profundas.

Dentre outras previsões da parceria, ficou acordado que a 3R permanecerá controladora, com participação societária de 70%, enquanto a DBO será uma acionista minoritária.

Descubra novos caminhos para multiplicar seu patrimônio. Aprenda hoje a investir R$ 300 mil com os melhores desempenhos.

A 3R Offshore contará com um time exclusivo em sua diretoria de operações, liderada pelo Diretor Estatutário Maurício Diniz, que possui ampla experiência em projetos offshore, tendo ocupado as posições de Gerente Executivo de Logística Manutenção e Suporte a Operações, Gerente Executivo de Saúde Segurança e Meio Ambiente, Gerente Geral de Implantação e Operações Submarinas, Gerente de Ativo de Produção, entre outras funções.

Espaço Laser (ESPA3) compra empresa e passa a atuar no Chile

A MPM Corpóreo, dona da Espaço Laser (ESPA3), informou que em 07 de maio  a Companhia firmou contrato visando à aquisição do controle das operações do Centro Estético Láser  Alemán SpA (Cela), por USD 4.606.000, dos quais deve ser paga uma parcela inicial de USD  1.500.000, e o saldo remanescente de USD 3.106.000 deverá ser pago em parcelas variáveis até 36 meses contados do fechamento da operação, previsto para ocorrer em 24 de maio de 2021.

A companhia passará a deter uma participação de 66,7% no capital total da Cela e assumirá a gestão dos negócios.

A Cela, que atua no mesmo ramo de negócios da companhia, é uma rede de depilação a laser, que opera no Chile, com onze lojas próprias, sendo uma o e-commerce da marca, e com uma base de mais de 100 mil clientes.

Fundada em 2005, a Cela foi pioneira em levar a tecnologia Alexandrite para aquele país, utilizando a mesma máquina que a Espaço Laser emprega no território brasileiro.

Essa aquisição marca a entrada da companhia no Chile, o terceiro país de sua atuação internacional (além da Argentina e da Colômbia).

Bardella (BDLL4) tem plano de recuperação judicial aprovado

A Bardella Indústrias Mecânicas (BDLL4) teve seu plano de recuperação judicial aprovado pela Justiça.

Aprovado pela Assembleia Geral de Credores em 8 de março, o plano foi submetido ao Tribunal de Justiça de São Paulo e aprovado, de acordo com fato relevante divulgado nesta terça-feira (11).

“Assim, verifica-se que plano é factível e os relatórios mensais apresentados pelo administrador judicial nos termos do artigo 22, II, “c”, da Lei  nº  11.101/05 demonstram a viabilidade da empresa, com possibilidade de cumprimento do plano”, diz o documento.