Renda Fixa

3 Investimentos Renda Fixa Que Valem a Pena

Tesouro Direto, CDB, LCI, LCA... Conheça as opções!

O povo brasileiro ainda não tem o hábito de investir seu dinheiro, e mais do que isso, entender quais são os melhores produtos para seu perfil e seus objetivos. Muitos passam a vida colocando seus fundos na poupança e não sabem que poderiam estar ganhando muito mais. Pensando nisso, separamos alguns investimentos renda fixa para inspirar você a aplicar seu dinheiro da melhor maneira possível!

Investimentos renda fixa — por onde começar?

Os investimentos de renda fixa são aqueles em que o investidor é capaz de saber, em média, quanto ganhará ao fim da aplicação. Podem ser prefixados (preestabelecido no momento do investimento) ou pós-fixado (de acordo com a variação de um determinado índice, como o IPCA).

Vamos apresentar os mais rentáveis e seguros investimentos da renda fixa. Confira!

1. Tesouro Direto

O Tesouro Direto foi criado em 2002 pelo Tesouro Nacional e tem feito bastante sucesso desde então. Com ele é possível uma pessoa física adquirir títulos públicos com investimentos iniciais de R$30,00, o que faz deste uma das mais democráticas aplicações.

Comprando títulos públicos o investidor está emprestando dinheiro ao governo em troca de de uma remuneração sob o valor que foi emprestado. É o investimento mais seguro que existe no país.

2. CDB

O Certificado de Depósito Bancário, também conhecido como CDB, tem um formato semelhante ao Tesouro Direto, mas diz respeito às instituições bancárias, e não ao governo brasileiro. Com o CDB você empresta dinheiro para o banco custear suas atividades de crédito e, em troca, recebe uma remuneração.

O CDB é segurado pelo Fundo Garantidor de Crédito, o que significa que seu dinheiro estará seguro em caso de falência do banco ou de problemas financeiros do mesmo.

3. LCI/LCA

O LCI e o LCA são, respectivamente, Letras de Crédito Imobiliário e Letras de Crédito do Agronegócio. Eles também são títulos emitidos pelos bancos para se capitalizar, mas, nesse caso, os recursos são obrigatoriamente destinados aos mercados imobiliário e agrícola.

Na prática, para o investidor, não há diferença entre ambos.

Se interessou? Para aprender mais a fundo como funcionam cada um desses três investimentos, acesse o Eu Quero Investir! São conteúdos completos para quem quer aplicar seu dinheiro da melhor maneira possível.

Mostrar mais

Filipe Teixeira

Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.

É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.

Me envie um e-mail: [email protected]
Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585
Instagram: filipe_st

Artigos Relacionados

Close